Futebol brasileiro

10 jogadores argentinos que se destacaram no Brasil neste século

Antonio Mota
D’Alessandro é um dos maiores ídolos da história do Internacional.
D’Alessandro é um dos maiores ídolos da história do Internacional. / Getty Images/GettyImages
facebooktwitterreddit

O Corinthians deixou a histórica rivalidade entre Brasil e Argentina de lado e abriu portas para mais um hermano se aventurar no "País do Futebol". Nesta segunda-feira (25) o promissor meio-campista Fausto Vera desembarcou em São Paulo para assinar contrato com o Timão, que vai pagar cerca de 8 milhões de dólares (R$ 44 milhões) ao Argentinos Juniors para tê-lo em Itaquera.

Com esse gancho, resolvemos lembrar de outros nove jogadores argentinos que se destacaram no futebol brasileiro nos anos 2000.

1. Germán Cano - Vasco e Fluminense

Germán Cano, atacante do Fluminense
Germán Cano é o artilheiro do Brasileirão no momento / Wagner Meier/GettyImages

Após brilhar em clubes fora do Brasil, Germán Cano foi “descoberto” pelo Vasco e iniciou jornada de sucesso no país. De 2020 para cá, o centroavante já mostrou muito faro de gol em São Januário e também nas Laranjeiras, onde chegou há poucos meses para atuar com o uniforme do Fluminense. O goleador ainda não conquistou muitos títulos no solo verde e amarelo, mas já empolgou muitos torcedores e mostrou qualidade.

Aliás, é o principal goleador do Brasil no momento – já marcou 12 gols apenas no Campeonato Brasileiro. Matador!

2. Lucho González - Athletico-PR

Lucho González é ídolo do Athletico-PR
Lucho González é ídolo no Athletico-PR / Pool/GettyImages

Grande ídolo do Athletico-PR, Lucho González construiu um baita legado no mundo da bola entre o final dos anos 1990 e o início da década de 2020. Neste período, o meio-campista atuou em grandes equipes e se tornou um dos gigantes da história do Furacão. O argentino participou das principais conquistas do clube. Uma lenda viva na Arena da Baixada.

3. Juan Pablo Sorín - Cruzeiro

Sorín, ex-lateral do Cruzeiro
Sorín foi campeão e caiu nas graças da torcida celeste / FABIAN GREDILLAS/GettyImages

Sorín é outro hermano que escreveu grandes histórias no futebol do Brasil. Cria do Argentinos Juniors, o hoje ex-lateral-esquerdo defendeu Juventus, River Plate e várias outras potências do esporte, incluindo o Cruzeiro. O canhotinho, aliás, teve duas passagens pela Raposa, onde conquistou títulos e se destacou nos anos 2000. Foi bem na Toca.

4. Pablo Guiñazú – Internacional e Vasco

Guiñazu, ex-jogador de Internacional e Vasco
Guiñazu era conhecido pela raça e poder de marcação / AFP/GettyImages

Guiñazu disputou mais de 350 partidas no Brasil e isso já diz muito sobre a sua caminhada no país, onde atuou por Internacional e Vasco. O volante ganhou títulos nas duas equipes, mas sempre teve uma ligação imensurável com o Colorado. O argentino representou o clube vermelho mais de 260 vezes e foi símbolo de conquistas emblemáticas da equipe. Ganhou até Libertadores com o Inter.

5. Andrés D’Alessandro – Internacional

Andrés D'Alessandro, ex-jogador do Internacional
D’Ale virou uma das lendas do Beira-Rio / Getty Images/GettyImages

D’Alessandro é nome indiscutível em qualquer lista sobre estrangeiros no futebol do Brasil. Ícone no Beira-Rio, o meio-campista defendeu o Internacional durante 13 anos e conquistou diversas taças no clube, incluindo uma da Libertadores e outra da Sul-Americana. Marcou época.

6. Walter Kannemann – Grêmio

Walter Kannemann, zagueiro do Grêmio
Zagueiro foi campeão da Libertadores pelo tricolor em 2017 e não abandonou o clube mesmo após o rebaixamento no Brasileirão / Pool/GettyImages

Kannemann surgiu no San Lorenzo e ainda passou pelo Atlas, do México, antes de chegar ao Grêmio, em 2016. Desde então, o zagueiro viveu grandes momentos e participou de uma “geração” histórica da equipe, a qual conquistou uma Libertadores, uma Copa do Brasil e outros títulos. E mais, formou uma dupla de zaga com Geromel que será lembrada por muitos anos no país.

Cabe destacar que ele não “abandonou o barco” e está tentando ajudar o time a voltar à elite nacional.

7. Darío Conca – Vasco, Fluminense e Flamengo

Conca, ex-jogador de futebol
Conca encantou o Brasil com o uniforme do Tricolor das Laranjeiras / Bruna Prado/GettyImages

Apesar de ter defendido Vasco e Flamengo, Darío Conca sempre será lembrado pelos tempos de Fluminense, onde encantou o Brasil e colecionou grandes atuações entre os anos 2000 e 2010. O meia-atacante teve duas passagens pelo Flu anos atrás e foi muito bem, sendo até apontado como um dos melhores em atividade no país. Jogou muito com o manto tricolor, sobretudo no Brasileirão de 2010.

8. Walter Montillo - Cruzeiro, Santos e Botafogo

Montillo, ex-jogador de futebol
Montillo jogou muito no Cruzeiro, mas decepcionou no Botafogo e Santos / Buda Mendes/GettyImages

Montillo não conquistou títulos de expressão no Brasil, mas isso não o descredencia para essa lista. O meio-campista jogou em altíssimo nível com a camisa do Cruzeiro, onde chegou a ser vice na Série A de 2010, e até hoje ostenta o carinho da torcida em BH. Ele também passou por Santos e Botafogo.

9. Jonathan Calleri - São Paulo

O camisa 9 soma duas passagens pelo clube e tem impressionante média de gols - até agora foram 40 em 87 jogos, sendo decisivo em clássicos diante de rivais como Corinthians, Palmeiras e Santos, e sonha com um título para coroar a história dele no Tricolor do Morumbi.

10. Carlitos Tevez - Corinthians

Um dos momentos eternizados do camisa 10 no Corinthians foi o 7 a 1 sobre o Santos em 2005, quando ele anotou um hat-trick. Ao todo foram 46 bolas na rede em 78 jogos entre 2005 (quando foi campeão brasileiro) e 2006.

facebooktwitterreddit