Futebol brasileiro

Willian e Andreas Pereira terão de responder a processo administrativo, diz diretor da Anvisa

Lucas Humberto
Atletas deixaram de cumprir quarentena obrigatória para quem vem diretamente da Inglaterra
Atletas deixaram de cumprir quarentena obrigatória para quem vem diretamente da Inglaterra / ALEXANDRE NETO/Photopress/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

Anvisa, Corinthians, Flamengo, Willian e Andreas Pereira. As recentes polêmicas, que atingiram seu ápice quando o meia-atacante do Timão foi vetado de estrear contra o Atlético-GO, ganharam novos capítulos. Em entrevista ao programa Dividida, do Canal UOL, Alex Campos, diretor da agência sanitária, eximiu qualquer culpa por parte dos clubes, mas cobrou atenção: "Você não fiscaliza?".

Andreas Pereira Flamengo Manchester United Anvisa Processo
Andreas Pereira em ação pelo Flamengo / Alexandre Schneider/Getty Images

"Não tenho dúvida que a gente tem uma cadeia de responsabilidades, não há dúvida, eu falei aqui do pecado original, o pecado original foi do Willian e do Andreas, eles assinaram dois documentos, assinaram um na origem, antes de embarcar, depois chegaram e foram abordados pela Anvisa, assinaram um termo de controle sanitário, aí sim assinaram de próprio punho, dizendo que iriam fazer o isolamento"

Alex Campos ao programa Dividida

Embora tenha atribuído a responsabilidade principal aos jogadores, o diretor destacou como os clubes poderiam ter agido: "Você não está atento que isso pode implicar a imagem da marca ou a imagem daquela organização? Aliás, estamos falando das maiores organizações do desporto brasileiro. Então é assim, eu não estou dizendo nem que a culpa é exatamente desses clubes de futebol, mas eu acho que todo mundo tem uma parte nisso, porque a gente está falando de uma pandemia", falou em entrevista ao jornalista Mauro Cezar Pereira.

Em relação aos próximos passos, Campos explica que Willian e Andreas, vindos diretamente da Premier League, terão de responder a processo administrativo: "O pecado original foi cometido pelos jogadores, a culpa é deles, eles que vão responder processo administrativo sanitário, eles que vão responder à Polícia Federal, agora, eu lamento que os times de futebol, sabendo desses protocolos rigorosos e dos embates que nós estamos vivendo, não estão atentos ao cumprimento das regras pelos seus jogadores".

"Todo mundo tem que participar, acho que atribuir a culpa ao time é demais, mas dizer que eles não poderiam ter participado desse processo também seria muito ingênuo"

Alex Campos ao programa Dividida
facebooktwitterreddit