Futebol brasileiro

Willian desabafa e justifica rescisão de contrato com o Corinthians por conta de ameaças à família; clube lamenta

Fabio Utz
Atacante estava no Timão desde setembro e pediu para deixar o clube
Atacante estava no Timão desde setembro e pediu para deixar o clube / Ricardo Moreira/GettyImages
facebooktwitterreddit

O atacante Willian falou nesta sexta-feira, pela primeira vez, a respeito da rescisão de contrato com o Corinthians. Segundo ele, o ambiente hostil criado a cada mau resultado o fez repensar a continuidade no Timão.

Em entrevista ao GE o profissional desabafou. "Quando voltei ao Brasil, voltei com muita vontade de jogar pelo Corinthians, sabia da pressão, da cobrança, das críticas que iria receber, mas não vim ao Brasil para ser ameaçado, para ter minha família ameaçada a cada jogo que perdia ou se eu não fizesse um bom jogo. Esse é o principal motivo. Sei que não são todos os torcedores, sei que é a minoria, mas ela acaba causando um impacto muito grande e um dano mental, principalmente nas minhas filhas. Emocionalmente isso afeta bastante", disse.

Willian estava no Timão desde setembro do ano passado e não rendeu o esperado. No entanto, isso não é motivo para críticas além da conta. "Muita gente pode achar que é mi-mi-mi, que estou dando uma desculpa esfarrapada para ir embora... Eu não precisaria fazer isso, porque eu abri mão de muita coisa para poder vir ao Corinthians, não só financeiramente, mas da vida que eu tinha", continuou.

"Ficam normalizando a situação, romantizando as agressões, todas essas coisas que acontecem e vem acontecendo no futebol brasileiro, não tem o que dizer para eles, acham que é normal, que tem que ser assim mesmo, mas para mim não é. Essa é uma causa que todos os jogadores precisam brigar. O torcedor não pode ir na sua família depois de uma derrota e xingar, usar palavras que não têm cabimento. Esse é o recado, minha saída do clube foi por esses motivos."

Willian, ex-atacante do Corinthians

O presidente do clube, Duílio Monteiro Alves, também falou sobre a saída do jogador. Ele lamentou a perda. "O Corinthians é muito grande, um clube maravilhoso, temos que ter aqui quem está feliz. Por isso, a gente aceitou a rescisão e deseja a ele todo o sucesso do mundo na sequência da sua carreira", afirmou. Willian está livre para negociar com qualquer outro clube, sem que o Corinthians receba alguma compensação financeira. A direção busca uma reposição até segunda-feira, quando se encerra a janela de transferências do futebol brasileiro.

Para mais notícias do Corinthians, clique aqui.

facebooktwitterreddit