W.O.: 5 dias em que o futebol FLOPOU, por Carter 'essediafoilouco'

Carter Batista
O Brasil x Argentina que não aconteceu ainda dá o que falar
O Brasil x Argentina que não aconteceu ainda dá o que falar / Anadolu Agency/Getty Images
facebooktwitterreddit

Como toda a gente sabe, o Brasil x Argentina do Itaquerão foi paralisado aos 5 minutos de jogo por agentes da Anvisa, uma vez que 4 jogadores argentinos (que estavam em campo) burlaram os protocolos sanitários.

A Argentina decidiu que não jogaria a partida depois que 4 de seus atletas foram detidos e se encaminhavam para a deportação por terem prestado declarações falsas às autoridades públicas brasileiras. 

Já se falava em vitória brasileira por w.o. quando veio o comunicado oficial de que a partida estava suspensa. Ou seja, o Brasil não ganhou os 3 pontos e uma nova data será designada para o confronto.

Mas falando em W.O. você já se perguntou o significado dessa sigla? A versão que mais me agrada é que o W.O. seria um acrônimo de Walk Over, algo como andar por cima, ou ganhar de forma fácil uma partida pela ausência do oponente.

A expressão teria origem nas corridas de cavalo, tão populares na Inglaterra e se referia à regra que determinava que caso um único cavalo se apresentasse para o páreo, para confirmar a vitória, ele teria que caminhar até a linha de chegada. Ou seja, wallk over de finish line ou walk over the grass.

Eu estive no estádio pessoalmente em dois dos jogos citados abaixo e sempre achei frustrante quando acontece um W.O., ainda que nem todos os jogos listados abaixo tenham constituído uma vitória por W. O., mas em todos os casos o principal (que é a bola rolando) não aconteceu. Senão vejamos:

1. O Ba-Vi da paz

Jogadores de Vitória e Bahia disputam bola momentos antes da pancadaria generalizada
Jogadores de Vitória e Bahia disputam bola momentos antes da pancadaria generalizada / MARCELO MALAQUIAS/FramePhoto/Gazeta Press

Em 18 de fevereiro de 2018, o Vitória recebeu o Bahia no Barradão para disputarem o clássico da paz. A paz logo se tornou guerra depois que o atacante Vina marcou um gol e comemorou com uma dancinha provocativa em frente à torcida rubro-negra. Uma briga generalizada entre os jogadores acabou com 9 jogadores expulsos. Depois disso, os jogadores do Vitória teriam provocado mais expulsões até ficarem apenas com 6 jogadores em campo e a partida ser encerrada. Posteriormente, o tribunal confirmou o triunfo do Bahia por W.O. e o episódio entrou para o folclore do clássico. Eu estava no Barradão e fui testemunha ocular.

2. O Maior Superclasico Argentino da História

River Plate v Boca Juniors - Copa CONMEBOL Libertadores 2018
Torcedores do River indo embora diante da informação de que o jogo seria adiado / Diego Alberto Haliasz/Getty Images

O River-Boca do Monumental de Nuñes deveria ter sido o maior jogo da história do clássico, mas acabou adiado em razão das agressões sofridas pelos atletas do Boca Juniors que tiveram o ônibus apedrejado nas imediações do estádio. Um Monumental lotado aguardou quase em silêncio enquanto se verificava se a partida se jogaria ou não naquele dia. Como todos sabemos, o jogo foi remarcado e essa final da Libertadores foi disputada em Madrid, quando o River se sagrou campeão.

3. Suécia x Áustria na Copa de 1938

A partida nunca foi disputada, pois a Áustria foi anexada pela Alemanha Nazista naquele ano, deixando, assim de ser um país independente. Os jogadores austríacos foram incorporados pela Seleção Alemã e não se apresentaram para encarar a Suécia.

4. Vasco x Botafogo de 1998

Em 1998, o Botafogo se recusou a enfrentar o Vasco no Maracanã por entender que o cruzmaltino estava sendo beneficiado por alterações de datas de jogos pela Federação. Foi o primeiro W.O. da história do Maracanã.

5. O Fla-Flu no W.O duplo

No mesmo campeonato Carioca de 1998, três dias depois do Vasco x Botafogo, quando aconteceu o primeiro W.O. da história do Maracanã, em solidariedade ao Botafogo, Flamengo e Fluminense não se apresentaram para jogar em Moça Bonita e foi decretada a derrota de ambos por W.O. Bizarro.

Bônus track

São Januário, Vasco
São Januário seria o palco de Vasco x Flamengo, mas ficou vazio e sem jogo / Buda Mendes/Getty Images

O Carioca de 1998 teve mais um W.O.: o Flamengo não compareceu a São Januário para enfrentar o Vasco no jogo que seria a partida que confirmaria o título vascaíno. Foi o terceiro clássico que terminou assim naquele ano insólito.

facebooktwitterreddit