Transferências

Vasco insiste por Luis Amarilla, mas Vélez Sarsfield emperra investida – entenda o motivo

Lucas Humberto
Atacante de 26 anos está na mira do Vasco
Atacante de 26 anos está na mira do Vasco / ALEXANDRE SCHNEIDER/GettyImages
facebooktwitterreddit

Buscando alternativas para o setor ofensivo, o Vasco da Gama vive uma segunda-feira (27) decisiva no que diz respeito à contratação de Luis Amarilla. Até o momento, o principal entrave tem sido justamente o clube que detém os direitos econômicos do atacante: Vélez Sarsfield. Atuando na LDU em 2021 por empréstimo, o paraguaio está nos planos do clube argentino para 2022.

Amarilla LDU Vasco da Gama Vélez Sarsfield Mercado Janela Transferência
Amarilla em ação pela LDU / ALEXANDRE SCHNEIDER/GettyImages

Pelo menos é o que garante Christian Bassedas, diretor esportivo do clube argentino, que falou com a ESPN. "Amarilla fica no Vélez, precisamos dele. Depois de Lucero não ficar, pensamos nele como camisa 9". Juan Martín Lucero, mencionado na fala do cartola, defendeu as cores do time em contrato de empréstimo junto ao Club Tijuana, do México.

Em contrapartida, Bassedas ressaltou que o técnico Mauricio Pellegrino pode mudar de ideia com relação ao papel de Amarilla no time: "Neste momento não se trata de negociá-lo. Talvez até o fim de janeiro o treinador mude sua postura", pontuou. Teria deixado a porta aberta? Bem, se depender da vontade do próprio jogador, sim.

Martín Sendoa, empresário do atacante de 26 anos, revelou que Luis enxerga com bons olhos a possibilidade de atuar no Cruzmaltino: "Claro que ele quer jogar no Brasil, o país o encanta. Ele gostou do Vasco, a proposta econômica também foi boa". Além dos elogios, o representante também confirmou que haverá uma reunião nesta segunda para tentar a liberação junto ao Vélez.

Revelado pelo Libertad, do Paraguai, Amarilla tem passagens pelo Sol de América, Universidad Católica, do Equador, e Minnesota, da Major League Soccer (MLS). Pelo LDU, última equipe do atleta, foram 31 jogos, 15 gols e três assistências na conta. Agora, resta aos vascaínos cruzar os dedos para que o Vélez mude de ideia...

facebooktwitterreddit