Fora do Campo

Vasco dá mais um passo em projeto da SAF para virar clube-empresa

Vitor Beloti
Nenê é um dos principais nomes do atual elenco cruzmaltino
Nenê é um dos principais nomes do atual elenco cruzmaltino / Alexandre Loureiro/GettyImages
facebooktwitterreddit

O torcedor do Vasco recebeu uma notícia importante nesta terça-feira (21). O objetivo é colocar o projeto SAF à frente do clube, ou seja, o cruzmaltino desenvolverá os estudos sobre o detalhamento e valoração dos contratos e ativos ligados ao futebol que seriam transferidos do clube, estrutura, receitas e outros aspectos que serão avaliados durante o período processual.

Além disso, o Gigante da Colina vai criar uma comissão entre conselheiros, beneméritos e integrantes da diretoria para acompanhar mais de perto os estudos feitos, transmitindo mais transparência entre os envolvidos no projeto.

"A constituição da SAF é um passo fundamental para que o Vasco recupere a capacidade de investir no futebol e também equilibre suas finanças em definitivo. Aqueles que se organizarem primeiro terão uma importante vantagem competitiva, principalmente um Gigante do tamanho do Vasco que é um clube nacional com potencial extraordinário. Vamos trabalhar duro para apresentar o melhor projeto do mercado."

Jorge Salgado, presidente do Vasco

Os problemas financeiros que o clube vem sofrendo nas últimas temporadas foram os principais motivos para a diretoria vascaína mudar sua postura em relação ao atual modelo de gestão do clube, e enxerga, neste momento, que a SAF mudará o patamar do futebol brasileiro no médio e longo prazo.

Isso é possível porque em agosto o Presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 14.193/2021, medida na qual foi criada o projeto conhecido como Sociedade Anônima do Futebol (SAF), que permite aos clubes do futebol brasileiro mudarem o modelo de gestão para empresarial, visto que a maioria deles são associações sem fins lucrativos.

facebooktwitterreddit