VARmeiras? Atuação da arbitragem no Allianz Parque repercute na web; Rivais criticam

Nathália Almeida
Jan 13, 2021, 12:19 AM GMT-3
FBL-LIBERTADORES-PALMEIRAS-RIVER
FBL-LIBERTADORES-PALMEIRAS-RIVER | NELSON ALMEIDA/Getty Images
facebooktwitterreddit

Muito criticada no jogo de ida entre Boca Juniors e Santos, a arbitragem voltou a ser tema central na semifinal da Conmebol Libertadores na noite desta terça-feira (12), quando Palmeiras e River Plate se enfrentaram no Allianz Parque.

As principais 'polêmicas' durante os 90 minutos de futebol na capital paulista ocorreram na segunda etapa, quando o River já vencia o jogo por 2 a 0. Em todos os lances capitais, o gigante argentino saiu perdendo nas marcações: um gol anulado por impedimento na origem da jogada, uma expulsão por segundo amarelo e um pênalti marcado e em seguida desmarcado com auxílio do VAR.

Todas as decisões foram lidas como corretas pelos analistas de arbitragem que trabalhavam na partida mas, obviamente, o conjunto de decisões agudas favoráveis ao Verdão virou assunto central nas redes sociais. Entre rivais e veículos de imprensa argentina, o mesmo comentário:

Ainda houve tempo para mais uma polêmica praticamente no último minuto de acréscimo do jogo, com o árbitro de campo indo ao VAR para checar possível pênalti de Kucsevic no colombiano Borré. Aparentemente a penalidade seria marcada pelo juiz, mais um impedimento claro foi flagrado na origem do lance.

Jornal reclama de atuação da arbitragem

Conhecido por seu estilo 'arrojado' e quase sempre parcial de repercutir partidas de times locais, o jornal 'Olé' deu suas alfinetadas ao árbitro uruguaio Esteban Ostojich: "O impedimento que ninguém viu", sentenciou o periódico, ao comentar do primeiro gol anulado. Houve muita reclamação também sobre o tempo gasto para anulação do pênalti em Matias Suárez, demora que teria esfriado os ânimos do River.

facebooktwitterreddit