Red Bull Bragantino

Um dos últimos? Claudinho é uma boa lembrança para os apaixonados pelo ‘clássico camisa 10’

Antonio Mota
2020 Brasileirao Series A: Red Bull Bragantino v Palmeiras
2020 Brasileirao Series A: Red Bull Bragantino v Palmeiras / Miguel Schincariol/Getty Images
facebooktwitterreddit

Um dos destaques da temporada em Bragança Paulista e no Brasil, o meia-atacante Claudinho mais uma vez viveu uma noite especial e foi fundamental para o Red Bull Bragantino sair de campo com um resultado positivo. Inspirado, o camisa 10 marcou dois gols e deu uma assistência na goleada por 4 a 1 da Massa Bruta sobre o Vasco, no Estádio Nabi Abi Chedid, na última quarta-feira (20), pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Aos 23 anos, Claudinho foi revelado pelo Corinthians e passou por vários clubes (Santo André, Ponte Preta, Oeste, RB Brasil) antes de se firmar no Bragantino. Hoje, mais maduro e com o talento de sempre, o meia-atacante desponta como um dos melhores jogadores em atividade no futebol brasileiro e como um dos raros e cobiçados “10 clássicos”. Serie ele um dos últimos “autênticos 10” do país?

Claudinho foi um baita achado do Red Bull Bragantino.
Claudinho foi um baita achado do Red Bull Bragantino. / Buda Mendes/Getty Images

Habilidoso, bom armador, construtor e finalizador e com certa elegância, o meia-atacante do Red Bull Bragantino tem características de um 10 legítimo e realmente é diferenciado, sobretudo se comparado (falando no sentido dos atributos e não se é melhor ou não) aos outros camisas 10 do Brasil. Claudinho é um baita jogador e, mesmo que não tenha o poder bruto de outros ‘genuínos camisas 10, como Riquelme e Alex, tem tudo para ir longe na carreira.

Em si, dentro de uma nova realidade do esporte, Claudinho é um dos poucos ‘camisas 10 clássicos’ do país verde e amarelo e não é errado dizer que talvez seja um dos últimos. O futebol mudou e raros são os que buscam ou têm capacidade e inteligência de jogo para se enquadrar no perfil de um autêntico camisa 10. Uma ‘espécie’ ameaçada de extinção.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit