Euro 2020

UEFA opta por reinício de jogo entre Dinamarca e Finlândia; decisão gera críticas

Nathália Almeida
Dinamarca e Finlândia vão voltar a campo
Dinamarca e Finlândia vão voltar a campo / Stuart Franklin/Getty Images
facebooktwitterreddit

Parecia que não haveria nenhum clima para a continuação da partida entre Dinamarca e Finlândia, e o natural é que ela, de fato, não tivesse seu desfecho disputado neste sábado (12) após o mal súbito sofrido por Christian Eriksen no decorrer da primeira etapa.

Contudo, em uma decisão que gerou surpresa e indignação em fãs de futebol ao redor do mundo inteiro, a UEFA optou pela retomada do confronto. De acordo com o comunicado oficial publicado pela entidade, os jogadores das duas equipes se manifestaram favoráveis à continuação do duelo, especialmente depois da notícia de que Eriksen está consciente e se comunicando: seu estado de saúde é estável, e ele já se encontra estabilizado em um hospital em Copenhague.

"Seguindo o pedido feito por jogadores de ambas as equipas, a UEFA concordou em reiniciar o jogo entre a Dinamarca e a Finlândia esta noite, às 20:30 [horário local]. Serão disputados os últimos quatro minutos da primeira parte e, em seguida, haverá um intervalo de 5 minutos, seguido da segunda parte", publicou a entidade.

Apesar da decisão ter sido consensual entre atletas e entidade, muitos torcedores viram o movimento de manter a partida como desumano e insensível.

Até o momento em que o jogo foi paralisado para atendimento à Eriksen, o placar apontava 0 a 0. A partida é válida pela 1ª rodada da Eurocopa.

facebooktwitterreddit