Barcelona

Tudo o que você precisa saber sobre o novo Camp Nou

Antonio Mota
Da casa do Barcelona: o Camp Nou vai crescer e se modernizar
Da casa do Barcelona: o Camp Nou vai crescer e se modernizar / Eric Alonso/GettyImages
facebooktwitterreddit

O Barcelona segue a todo vapor trabalhando nos bastidores para dar origem ao “novo Camp Nou”. Daqui a cerca de duas semanas, no dia 19 de dezembro de 2021, o tradicional clube da LaLiga vai realizar o referendo para a votação do financiamento do projeto “Espai Barça”, que visa modernizar o clube e, entre outras iniciativas, reformar completamente o "velho" Camp Nou.  

Após anos de expectativas, o Barça definiu data que pode mudar os rumos do clube. Caso o “Espai Barça” seja aprovado, o time grená vai poder se movimentar para conseguir 1,5 bilhão de euros, sendo € 900 milhões apenas para a remodelação do estádio. O Barcelona espera começar as obras no final da temporada (meados de 2022) e acabar em 2025, ano em que estrearia na nova casa.  

Um detalhe importante é que a votação será feita eletronicamente e todos os sócios com mais de 18 anos poderão participar. Cabe notar, também, que o clube vai coletar o voto dos sócios após conseguir o apoio da Assembleia de Membros Associados, que, no último mês de outubro, deu “ok” para a diretoria iniciar os tramites para conseguir o financiamento desejado – e de até 1,5 bilhões de euros.

Barcelona Camp Nou
Inaugurado em setembro de 1957, Camp Nou tem 64 anos / Eric Alonso/GettyImages

O Barcelona enxerga como fundamental remodelar o atual Camp Nou, o qual já é considerado “atrasado” e sofre com problemas de infraestrutura. Recentemente, o cartola Ferran Reverter, que é diretor-geral do clube grená, falou sobre a situação do estádio e revelou que o Barça investiu 145 milhões de euros em obras ao longo dos últimos anos. “Estamos mais de 15 anos atrasados”, explicou.

Além das melhorias, os Culés também pretendem ampliar o número de cadeiras no Camp Nou. Com as obras, o estádio vai contar com 105 mil lugares e todos cobertos.  

Reverter também revelou como o Barcelona vai se portar durante as obras no Camp Nou. “Na primeira temporada de obras, o Barça jogará no estádio, que estará parcialmente fechado. Depois, durante uma temporada, terá que disputar as partidas como mandante fora do Camp Nou. Nos últimos dois anos de reformas, a equipe poderá regressar ao Camp Nou, mas haverá zonas que não estarão abertas”, completou.

Além de Reverter, o presidente Joan Laporta também comentou sobre a necessidade da aprovação do “Espai Barça” e, inclusive, apresentou formas de o clube ganhar dinheiro para arcar com o empréstimo bilionário. O mandatário falou em aumento das receitas, novos patrocinadores e até em venda do naming rights do Camp Nou.

“O novo Camp Nou é fundamental para a viabilidade do clube e para o seu futuro imediato, para que possamos competir com os nossos adversários, que já fizeram o que é necessário. Terá tanto impacto na cidade como os Jogos Olímpicos [1992]”.

Vale pontuar que o “Espai Barça” conta, além da reforma no Camp Nou, com reurbanização da região, novo ginásio e outras obras.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit