Listas

7 técnicos estrangeiros que podem assumir a Seleção Brasileira após a saída de Tite

Matheus Nunes
O sucesso que teve no Flamengo faz com que Jorge Jesus seja especulado na Seleção Brasileira
O sucesso que teve no Flamengo faz com que Jorge Jesus seja especulado na Seleção Brasileira / Matthew Ashton - AMA/GettyImages
facebooktwitterreddit

Tite já revelou que deixará o comando da Seleção Brasileira após a Copa do Mundo do Qatar. Ele assumiu o cargo em 2016 e está entre os técnicos que mais comandaram a Amarelinha na história. Com base na lista original do Blog do Rafael Reis, elencamos 7 treinadores estrangeiros que poderiam assumir os pentacampeões mundiais.

1. Jorge Jesus

Jorge Jesus, Jorge Fernando Pinheiro de Jesus
Português revelou recentemente que quer descansar até maio deste ano / Simon Holmes/GettyImages

O primeiro nome estrangeiro que surgiu para substituir Tite foi o de Jorge Jesus. A passagem vitoriosa pelo Flamengo, com cinco títulos e quatro derrotas, fez o português de 67 anos ter seu nome especulado na seleção verde e amarela. O treinador está sem clube desde que deixou o Benfica.

2. Abel Ferreira

Abel Ferreira é considerado hoje um dos melhores treinadores atuando no futebol brasileiro, e seu sucesso no comando do Palmeiras faz com que ele seja um dos especulados para treinar a seleção. Em menos de um ano e meio à frente do clube paulista, o português já conquistou duas Libertadores, além de uma Copa do Brasil.

3. Jorge Sampaoli

Jorge Sampaoli
Sampaoli tem passagem pela seleção argentina / Miguel Schincariol/GettyImages

Campeão da Copa América pela seleção do Chile em 2015, o argentino foi um nome que também surgiu nas redes sociais para substituir Tite. Além disso, é conhecedor do futebol brasileiro, por suas passagens pelo Santos e Atlético-MG. O que dificultaria sua vaga na Canarinho é o fato do treinador ser argentino, maiores rivais da seleção brasileira.

4. Joachim Löw

Joachim Loew
Joachim Löw foi responsável pelo 7 a 1 sobre a seleção brasileira / Martin Rose/GettyImages

Campeão da Copa do Mundo com a Alemanha em 2014, Löw não treina uma equipe desde o fim da Euro 2020. O técnico de 62 anos com certeza conhece o futebol brasileiro e suas deficiências, já que foi um dos responsáveis pelo maior vexame da amarelinha em sua história, aplicando uma goleada sobre o time de Felipão por 7 a 1, em pleno Mineirão.

5. José Mourinho

Jose Mourinho
Atualmente no comando da Roma, Mourinho tem fama de retranqueiro / Silvia Lore/GettyImages

Atualmente treinando a equipe da Roma, José Mourinho já viveu momentos melhores na carreira. Apesar disso, o português tem um currículo de dá inveja a qualquer treinador. Já foi campeão da Champions League pelo Porto e Inter de Milão, e também conquistou diversos campeonatos nacionais.

6. Luis Enrique

Luis Enrique
Luis Enrique vem fazendo um bom trabalho com a seleção da Espanha / Fran Santiago/GettyImages

Seguindo a mesma linha de Tite, Luis Enrique também deixará o comando da seleção espanhola após o fim da Copa do Mundo. O treinador não pode ser comparado com Guardiola, mas faz parte da mesma escola do treinador do Manchester City. Com o Barcelona, Enrique conquistou uma Liga dos Campeões e teve a oportunidade de treinar Neymar.

7. Marcelo Gallardo

Marcelo Gallardo
Gallardo já foi objeto de desejo do Palmeiras e Flamengo / Rodrigo Valle/GettyImages

Gallhardo é um dos treinadores de maior sucesso do futebol sul-americano, e já foi especulado diversas vezes no futebol brasileiro. Por conta do seu sucesso no River Plate ao longo dos anos, fica difícil de convencer o argentino a deixar o clube. Apesar de ser um hermano, o nome de Gallardo é visto com bons olhos pelos adéptos da Seleção Brasileira.

facebooktwitterreddit