Santos FC

Santistas elegem vilão em queda na Sul-Americana e o levam a trending topic no Twitter

Fabio Utz
Peixe, de Felipe Jonatan, perde por 1 a 0 e volta sem vaga à semifinal
Peixe, de Felipe Jonatan, perde por 1 a 0 e volta sem vaga à semifinal / Pool/Getty Images
facebooktwitterreddit

De nada adiantou ao Santos a vitória conquistada já no apagar das luzes na Vila Belmiro na semana passada. Nesta quinta-feira, no Paraguai, o Libertad precisou de apenas 13 minutos para fazer o gol que lhe garantiu o 1 a 0 e a consequente classificação à semifinal da Libertadores. E, obviamente, tudo o que envolveu o lance que culminou na bola na rede de Sebastián Ferreira serviu para inflar a torcida contra um jogador em específico: Felipe Jonatan.

O atleta, há muito, já não caía no gosto dos alvinegros, tanto que até o técnico Fernando Diniz se deu conta do baixo rendimento do lateral-esquerdo e o colocou na reserva de Moraes. Até por isso, poucos entenderam a sua presença na equipe, uma vez que o teórico novo dono da posição está novamente à disposição depois de um período lesionado. Bem, às vezes o futebol tem dessas coisas: justamente aquele nome visado pelos torcedores acaba falhando na 'hora decisiva'.

O gol de Ferreira saiu a partir de um velho problema do Santos: o escanteio. Na bola levantada, Barboza tomou a frente de Luiz Felipe e cabeceou com facilidade. No rebote de João Paulo, o autor do tento não foi acompanhando por, obviamente, Felipe Jonatan, e ficou livre para colocar o Libertad em vantagem. A partir disso, enquanto o Santos sentia, e muito, o golpe, a torcida expressava toda a sua raiva e elevava o nome do profissional aos tópicos mais comentados do Twitter. Afinal, o jogador em questão de condição de vestir a camisa alvinegra? Ele merece tanto prestígio? Enfim, são questões que precisarão ser respondidas com o clube brasileiro fora do torneio continental.

Para mais notícias do Santos, clique aqui.

facebooktwitterreddit