Tite tem cinco propostas para trabalhar em 2023 e pode abandonar ideia de 'período sabático'

Fabio Utz
Treinador não tem ideia de atuar no mercado brasileiro
Treinador não tem ideia de atuar no mercado brasileiro / Soccrates Images/GettyImages
facebooktwitterreddit

O período sabático prometido pelo técnico Tite após a Copa do Mundo pode ser abreviado. Isso, claro, se algum projeto apresentado for do seu agrado. Pois propostas não faltam.

Informação do Uol Esporte dá conta de que ao menos cinco contatos já foram feitos com seu estafe, sendo três de seleções e dois de clubes europeus. Todas as sondagens já haviam ocorrido antes do Mundial e foram retomadas com a eliminação da seleção brasileira na última sexta-feira, diante da Croácia. Ou seja, a queda precoce da equipe comandada pelo profissional não influenciou na avaliação a respeito de seu trabalho.

Resta saber o que Tite pensa a respeito de cada uma delas. Obviamente, nenhuma foi analisada durante o período em que o Brasil esteve envolvido com o Mundial, mas não há mais nada que impeça este avanço. Dificilmente Tite deixará de lado o descanso para atuar no mercado nacional. Agora, se algo fizer brilhar os seus olhos e trouxer a ele alguma vivência nova para a carreira, não se descarta que o treinador inicie 2023 à beira dos gramados - fora do país, claro.

facebooktwitterreddit