Seleção Brasileira

Tite confirma quinteto ofensivo para amistoso contra Gana e explica Militão na lateral: "Versatilidade"

Matheus Nunes
Partida acontece na próxima sexta-feira (23)
Partida acontece na próxima sexta-feira (23) / Koji Watanabe/GettyImages
facebooktwitterreddit

O quinteto ofensivo formado por Lucas Paquetá, Neymar, Raphinha, Richarlison e Vini Jr está confirmado para o amistoso da Seleção Brasileira contra a Gana na próxima sexta-feira (23), revelou o técnico Tite em coletiva de imprensa. A equipe vem treinando com essa escalação desde a chegada à França.

O sistema defensivo terá Alisson, Éder Militão, Thiago Silva, Marquinhos, Alex Telles e Casemiro. Segundo o treinador, a escolha por essa formação é devido as características ofensiva dos jogadores.

"É da característica e do talento dos atletas, de uma nova geração, de técnicos da base reconhecerem. Que fizeram esses garotos amadurecerem, vestirem a camisa da seleção brasileira com tanta expectativa, responsabilidade e alegria"

Tite, técnico do Brasil

Ainda de acordo com o comandante da Canarinho, é preciso que o time tenha equilíbrio e consistência para a formação funcionar e os jogadores levarem a equipe para as vitórias. "Equilíbrio. Equilíbrio. Equilíbrio. Toda vez que se foge desse patamar a gente corre risco. Por que? O Paquetá é um segundo meio-campista que te traz um senso de criatividade, mas ao mesmo tempo ele te traz um lateral-direito que te dá um equilíbrio defensivo. Ela é criação e gol os nossos objetivo, mas ter ao mesmo tempo consistência. Nesse equilíbrio está mais próxima uma equipe de vencer", disse Tite.

Tite também falou sobre a opção de colocar Militão na lateral-direita ao invés de Danilo. "O lateral, o Militão, jogou de lateral, e vou pegar as palavras do Ricardo Rocha: nós temos um lateral que joga muito. Fui falar com ele e ele falou: foi ali que me destaquei. Versatilidade, versatilidade ele tem. O campo fala, o campo fala".

Brasil e Gana se enfrentam na sexta-feira (23), no Stade Océane, às 15h30 (de Brasília). Após o confronto, a Seleção volta a campo contra a Tunísia, no dia 27 de setembro, no estádio Parque dos Príncipes. Esses são os últimos desafios da Amarelinha antes da Copa do Mundo do Catar.

facebooktwitterreddit