Botafogo

Textor quer proporcionar experiência internacional ao elenco do Botafogo e cogita duas possibilidades

Fabio Utz
Textor pensa em proporcionar experiência internacional a elenco do Fogão
Textor pensa em proporcionar experiência internacional a elenco do Fogão / Wagner Meier/GettyImages
facebooktwitterreddit

John Textor, ao comprar a SAF do Botafogo, obviamente estabeleceu como objetivo a internacionalização da marca do clube carioca - se trata, afinal, de um empresário estrangeiro com outras equipes ao redor do planeta. Pois um passo para isso pode se dar já no ano que vem.

Botafogo Torcida Marca John Textor
Torcida do Botafogo confia na expertise de John Textor / Wagner Meier/GettyImages

A ideia do gringo é levar o elenco para um período de trabalho nos Estados Unidos. Se o calendário impede disputar competições como, por exemplo, a Florida Cup - aliás, o escritório de John e o FC Florida, academia de jovens talentos para o futebol comandada por ele, ficam no estado norte-americano -, passar um tempo lá e, de repente, fazer amistosos, está no seu radar. "Eu amo a ideia de levar o time principal para os Estados Unidos, não apenas para construir nossa marca, mas também para estabelecer e comparar nosso nível de jogo com os times norte-americanos", definiu.

Luis Castro Técnico Botafogo Futebol Brasileirão
Luis Castro é um técnico da convicção de Textor / Buda Mendes/GettyImages

Aliás, a Europa também é vista como um destino atraente. O continente é sede do Crystal Palace-ING e do Lyon-FRA, dois dos clubes de Textor. "É um pouco mais difícil, mas ainda possível. Eu gostaria de testar o elenco em outros ambientes. Também acho que é uma recompensa para os jogadores, a longo prazo poder incentivar outros a vir para o Botafogo, para ter esse tipo de experiência que podemos oferecer a eles", concluiu. Torcedor alvinegro, empolgou?

*As declarações foram dadas a canais da mídia independente alvinegra

Para mais notícias do Botafogo, clique aqui.

facebooktwitterreddit