Brasileirao Série A

Tem estrela? Keno repete 2020 e anota gol marcante para o Atlético-MG no Brasileirão

Nathália Almeida
Keno já colocou seu nome na história do Galo
Keno já colocou seu nome na história do Galo / Pedro Vilela/Getty Images
facebooktwitterreddit

Precisando dar uma resposta rápida ao seu torcedor após ser eliminado pelo Palmeiras nas semis da Conmebol Libertadores, o Atlético-MG fez o "dever de casa" na noite deste sábado (2), vencendo um dos times que vinha em melhor momento no Brasileirão: o Internacional.

Brigando por vaga no G-6, o Colorado não deu vida fácil ao líder Galo em Belo Horizonte e sustentou o empate sem gols por quase 80 minutos de partida. Contudo, de tanto insistir pelo gol, o time da casa acabou sendo recompensado: bela jogada individual de Hulk, deixando Keno livre para balançar as redes e determinar a vitória alvinegra por 1 a 0. Em entrevista pós-jogo, o camisa 11 celebrou seu retorno aos gramados com gol, já que vinha fora de ação em virtude de uma virose.

"Fico feliz pela minha volta, não foi fácil. Fiquei bastante machucado pela situação. Voltei para ajudar o Galo, fico feliz pelo gol. Muito importante para nós."

Keno, em entrevista pós-jogo.
Keno
Keno entrou no decorrer do segundo tempo e mudou o jogo / Pedro Vilela/Getty Images

Além de selar a vitória que levou o clube mineiro aos 49 pontos conquistados - onze de vantagem em relação ao vice-líder Palmeiras -, o tento de Keno foi marcante para a história do clube: foi o gol de número 1000 da história do Atlético-MG na era dos pontos corridos do Brasileirão (2003-2021).

Vale destacar que Keno já tinha eternizado seu nome na Cidade do Galo em 2020, quando foi o responsável pelo gol 2000 do Alvinegro na história do campeonato nacional, em todos os seus formatos/modelos.

facebooktwitterreddit