Brasileirao Série A

5 técnicos que começam o Brasileirão pressionados

Lucas Humberto
Alberto Valentim, Paulo Sousa, Marquinhos Santos e mais: cinco técnicos que começam o Brasileirão pressionados.
Alberto Valentim, Paulo Sousa, Marquinhos Santos e mais: cinco técnicos que começam o Brasileirão pressionados. / Wagner Meier/GettyImages
facebooktwitterreddit

Pressão nos treinadores antes mesmo do Campeonato Brasileiro começar? Nada poderia ter mais a cara do nosso futebol do que isso, certo? Da quebra das expectativas aos resultados ruins neste início de temporada, cinco técnicos sabem que vão estrear no mais extenso dos torneios nacionais sem poder tropeçar mais.

1. Alberto Valentim

Alberto Valentim Athletico-PR Brasileirão Libertadores Recopa
Valentim não tem agradado o torcedor do Furacão / DOUGLAS MAGNO/GettyImages

A insatisfação da torcida do Athletico-PR com Alberto Valentim vem desde as rodadas finais do último Brasileirão, quando o Furacão chegou a flertar com a zona do rebaixamento. E os tropeços de 2022 não estão melhorando em nada a relação entre as partes.

Além da derrota na Recopa Sul-Americana ante o Palmeiras, o amargo empate sem gols com o Caracas na estreia do clube na Libertadores está difícil de digerir. Não é incomum ver torcedores se manifestando contra o treinador nas redes sociais.

2. Alexander Medina

Eliminado pelo Globo na primeira fase da Copa do Brasil, derrota para o arquirrival Grêmio na semifinal do Campeonato Gaúcho e empate com o 9 de Octubre na estreia da Sul-Americana 2022. A combinação de insucessos deixa Alexander Medina por um fio no Internacional.

3. Paulo Sousa

Panela dos medalhões? Sombra de Jorge Jesus? Processo natural de reconstrução? Independente do motivo apontado, fato é que Paulo Sousa passa longe de ter um início fácil no comando do Flamengo. Parte da torcida está perdendo a paciência...

4. Vítor Pereira

Vítor Pereira Corinthians Libertadores Brasileirão
Revés na estreia do Timão na Libertadores desagradou parte da Fiel / Javier Mamani/GettyImages

Sequência de derrotas em clássicos, revés ante o pouco expressivo Always Ready na primeira rodada da Libertadores e falta de intensidade. Se de um lado parte da Fiel entende que tais problemas não são de responsabilidade direta de Vítor Pereira, do outro existe a pressão por resultados.

5. Marquinhos Santos

Marquinhos Santos Libertadores América-MG Brasileirão
Marquinhos Santos não começou bem na Liberta / Pedro Vilela/GettyImages

Derrotado pelo Independiente del Valle na fase de grupos da Libertadores, por 2 a 0, Marquinhos Santos ouviu protestos da torcida do América-MG, que cobrou: "Queremos treinador". Pouco prestigiado no cargo, não seria espantoso se o técnico fosse demitido em breve. O Brasileirão pune!

facebooktwitterreddit