TAS enfim revela veredito do 'caso Manchester City'; decisão é última instância da esfera esportiva

O Manchester City foi absolvido nesta manhã de segunda-feira pelo CAS. Clube poderá jogar a Champions League.
O Manchester City foi absolvido nesta manhã de segunda-feira pelo CAS. Clube poderá jogar a Champions League. | Robbie Jay Barratt - AMA/Getty Images

Grande assunto do momento no futebol europeu, a apelação do Manchester City junto ao TAS (Tribunal Arbitral do Esporte) teve seu resultado divulgado na manhã desta segunda-feira. Depois de cinco meses desde a primeira decisão do caso, a mais alta corte da Justiça Desportiva definiu pela absolvição da pena de suspensão, ao contrário da decisão anterior.

Os responsáveis pelo julgamento entenderam por bem em reverter a condenação dos Citizens. Assim, a equipe poderá participar normalmente de competições europeias, incluindo a Champions League 2020/21. Além disso, a multa foi reduzida de 30 para 10 milhões de euros.

A decisão prolatada veio da última instância e não cabe mais recurso na esfera esportiva. Os Citizens foram inicialmente condenados por terem descumprido as regras do fair play financeiro. A UEFA ainda usou termos como "fraude" para explicar no que foi baseada tal decisão, mas o TAS não entendeu desta forma dado que considerou a maior parte das alegações prescritas.  

Kevin De Bruyne, Pep Guardiola
Manchester City v Everton - Premier League | Robbie Jay Barratt - AMA/Getty Images

Com a reversão da pena, Pep Guardiola e seus comandados devem permanecer em Etihad.