Futebol Internacional

Sul-Americana: gol contra salva Inter diante do Guaireña, torcida vaia no Beira-Rio e Medina balança no cargo

Bia Palumbo
Colorado soma apenas dois pontos em duas rodadas no torneio continental
Colorado soma apenas dois pontos em duas rodadas no torneio continental / SILVIO AVILA/GettyImages
facebooktwitterreddit

Sem vencer há três jogos, desde o Grenal que eliminou o time do Gauchão, o Internacional ampliou a sequência negativa na temporada ao ficar no 2 a 2 com o Guaireña, que luta contra o rebaixamento no Campeonato Paraguaio. Este foi o segundo empate consecutivo do clube gaúcho no torneio, resultado que foi ainda pior porque o colombiano Independiente Medellín ganhou do 9 de Outubro e assumiu a liderança do grupo E da Copa Sul-Americana.

"É difícil de entender. A gente tenta, tenta, e toma muitos gols que a gente não deve tomar dentro da nossa casa, no contra-ataque, mas agora é deixar de falar e trabalhar porque domingo tem mais"

Taison, atacante do Internacional

Um golaço de Mario Otazú colocou os visitantes na frente ainda no primeiro tempo, aos 41 minutos, e quando o jogo encaminhava para mais uma derrota, Paniagua desviou contra o próprio gol.

Apesar disso, o time paraguaio comemorou o ponto. Esta foi a primeira vez que eles atuaram fora do país. Por outro lado, os cerca de 11 mil torcedores que foram ao estádio protestaram com xingamentos, vaias e até objetos foram arremessados na direção dos camarotes, como informaram jornalistas locais.

Contratado nesta temporada, o técnico Alexander Medina acumula 17 jogos (seis vitórias, seis empates e cinco derrotas), o equivalente a 47% de aproveitamento, sendo 17 gols marcados e 20 sofridos, números que complicam ainda mais a situação do uruguaio no clube. Torcedores usaram as redes sociais para pedir a troca no comando, algo que é analisado por dirigentes, segundo o ge.

facebooktwitterreddit