Sistema defensivo do São Paulo sofre no retorno do futebol

Fernando Diniz
Alexandre Schneider/Getty Images

As coisas andam complicadas no Morumbi após o retorno do futebol. O time comandado por Fernando Diniz caiu de desempenho e foi eliminado pelo Mirassol, que havia perdido 18 jogadores durante a parada. A eliminação precoce no Paulistão expôs as deficiências da equipe, entre uma delas está o sistema defensivo do Tricolor, foram 7 gols tomados em 3 jogos.

Até a parada do futebol o São Paulo havia tomado apenas 7 gols no campeonato paulista, ou seja, metade dos gols tomados na competição foram nos últimos 3 jogos. A fragilidade na defesa é uma marca registrada de Fernando Diniz, o treinador é quase a personificação do famoso ditado "quem não faz leva".

FBL-LIBERTADORES-BINACIONAL-SAOPAULO
ERNESTO BENAVIDES/Getty Images

Apesar de contar com ótimos jogadores para a defesa, Diniz ainda não encontrou uma maneira de conciliar a intensidade do ataque sem deixar a defesa aberta. A dupla de zaga formada por Bruno Alvez e Arboleda também não vive os seus melhores dias, e podem ter que disputar vaga com o jovem Diego, revelado nas categorias de base do time.

O São Paulo volta à campo no dia 8 de agosto pela 1º rodada do Brasileirão contra o Goiás, até lá Diniz tem bastante tempo para rever o sistema defensivo e ter um time mais equilibrado para o restante da temporada.