Brasileiro Série B

Série B: Líder isolado, Cruzeiro iguala marca do Corinthians e mira recorde na próxima rodada

Lucas Humberto
Mineiros fizeram mais uma vítima nesta sexta-feira (27)
Mineiros fizeram mais uma vítima nesta sexta-feira (27) / Giazi Cavalcante/Código19/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

Se antes a briga era pelo acesso, hoje pode ser pelo título. Nesta sexta-feira (27), o Cruzeiro fez mais uma vítima na Série B do Brasileirão: o Criciúma. Jogando em casa, no Estádio Heriberto Hülse, o Tigre até conseguiu manter a igualdade no placar durante todo o tempo regulamentar mas, nos acréscimos, Jajá encontrou o caminho das redes: 1 a 0, defesa não vazada e marca importante para Paulo Pezzolano.

A noite ficou ainda melhor para a Raposa devido ao revés sofrido pelo Bahia, fora de casa, contra o Tombense, por 1 a 0. A parcial impediu uma possível aproximação do Tricolor de Aço, deixando Edu e seus companheiros isolados na ponta. Com mais um triunfo na conta do Cruzeiro, os mineiros igualaram a marca do Corinthians.

Em 2008, o Timão teve uma série de seis vitórias consecutivas nas 10 primeiras rodadas da Segundona. Caso vença seu próximo compromisso, a Raposa irá superar o recorde. E há motivos de sobras para acreditar que é possível. Em nove partidas sob comando de Pezzolano na Série B, o clube emplacou sete triunfos, um empate e somente uma derrota.

Para além dos resultados, o treinador uruguaio trouxe consistência: são 10 gols marcados e somente três sofridos. No total, são oito partidas sem perder, se levarmos em consideração o empate com o Tombense, pela Série B, e a vitória sobre o Remo, válida pela Copa do Brasil. A sequência de resultados pode ser vista na tabela da Série B: 22 pontos conquistados.

Quem mais se aproxima do atual vice-campeão mineiro é o Vasco da Gama, que possui 17 pontos. Na próxima rodada, Pezzolano e seus comandados vão até Ponta Grossa para enfrentar o Operário-PR. Será que os paranaenses integram a lista de vítimas do clube? Londrina, Chapecoense, Grêmio, Náutico, Sampaio Corrêa e, agora, Criciúma já estão na lista.

facebooktwitterreddit