Futebol Feminino

Semifinais do Brasileirão Feminino: confrontos, informações e curiosidades

Lucas Humberto
Semifinais do Brasileirão Feminino garantiram duelos por feitos inéditos e reencontro de velhos conhecidos
Semifinais do Brasileirão Feminino garantiram duelos por feitos inéditos e reencontro de velhos conhecidos / JOTA ERRE/Photo Premium/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

Se as quartas de final do Brasileirão Feminino já tiveram muito equilíbrio, as semifinais deverão ser ainda mais emocionantes. Seja pelo acaso do destino esportivo ou alguma influência dos deuses do futebol, teremos duas chaves pautadas pela oposição: história e ineditismo.

De um lado, Internacional e Palmeiras duelam pelos feitos nunca conquistados. Do outro, Corinthians e Ferroviária se enfrentam como velhos conhecidos. Abaixo, você confere as últimas informações e principais curiosidades de cada um dos confrontos.


Inter e Palmeiras: na disputa pelos feitos inéditos

Conhecido por ter um dos melhores trabalhos de base do Brasil, o Internacional também mostrou muito poder de reação nas quartas de final: depois de ter perdido o primeiro jogo para o São Paulo, por 2 a 1, as Gurias Coloradas conseguiram uma virada histórica, por 3 a 1, em pleno Morumbi. Após cair duas vezes seguidas nas quartas, o clube conseguiu sua melhor participação na Série A-1 do Brasileirão Feminino.

Vivendo situação semelhante, o Palmeiras também precisou de uma virada para se classificar às semifinais: derrotado na ida contra o Grêmio, por 2 a 1, o Alviverde usou todo seu repertório para reverter o placar e aplicar 4 a 1 dentro dos seus domínios. Essa é a segunda vez que as Palestrinas confirmam vaga nesta fase do torneio nacional em duas participações. Na última edição, não conseguiu conter o ímpeto do Corinthians.

Ainda no rol de feitos inéditos, outro objetivo das equipes é garantir vaga na Libertadores. Como o esquema de classificação ao campeonato continental assegura presença do campeão e vice do Brasileirão Feminino, os times podem escreveu seu nome na história de outra competição. Agora, nos resta uma questão: quem irá conquistar tais façanhas?


Corinthians e Ferroviária: na disputa pelo protagonismo nacional

Atual campeão, o Corinthians não tomou conhecimento do Avaí Kindermann: 10 a 1 no placar agregado. A Ferroviária, por outro lado, protagonizou um dos confrontos mais equilibrados das quartas: vitória diante do Santos por 3 a 2 na ida, e empate por 2 a 2 na volta. Garantidas na semifinal, os clubes paulistas irão reeditar a grande decisão do Brasileirão de 2019.

Aliás, as equipes também travam um duelo silencioso pelo protagonismo no futebol feminino. Em menos de 20 anos, o time de Araraquara venceu o principal torneio nacional do país, além da Copa do Brasil e Libertadores (duas vezes). O Timão, por sua vez, se estabeleceu como uma das principais forças da modalidade nos últimos anos e, atualmente, defende o título de campeão brasileiro.

Na última edição da Libertadores, as Minas da Fiel caíram na semifinal, ante o América de Cali, nas penalidades máximas. A Locomotiva sagrou-se bicampeã do campeonato continental. A história dos clubes, marcada pela alternância recente de poder, irá ganhar mais um capítulo na competição nacional.

Ferroviária Corinthians Brasileirão Libertadores
Guerreiras Grenás comemoram título da Libertadores / Pool/Getty Images

Os jogos ainda terão datas, locais, horários e transmissão confirmados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

facebooktwitterreddit