Libertadores Feminina

Semifinais da Libertadores Feminina: confrontos, datas e favoritos à vaga na decisão

Nathália Almeida
Ferroviária está em sua terceira semifinal consecutiva
Ferroviária está em sua terceira semifinal consecutiva / Pool/GettyImages
facebooktwitterreddit

Eram 16, agora restam apenas quatro.

Competição de tiro curto, a Libertadores Feminina passou em um "piscar de olhos" e já está em sua fase de semifinais. Quatro clubes, portanto, mantém vivo o sonho de comemorar o maior título do futebol feminino sul-americano: dois brasileiros, um colombiano e um uruguaio. Quem será o grande campeão da América?

A seguir, trazemos as principais informações acerca dos confrontos de semifinais e, é claro, damos o nosso palpite sobre os grandes favoritos à vaga na grande decisão da Libertadores Feminina:


1. Ferroviária x Santa Fe

Data e hora: Segunda-feira, 15 de novembro, às 17h30 de Brasília
Local: Estádio Manuel Ferreira, em Assunção (PAR)

Adversárias na fase de grupos, Ferroviária e Independiente Santa Fe voltam a se encontrar nesta edição da Libertadores Feminina e prometem um confronto tão equilibrado quanto aquele nervoso 0 a 0 da terceira rodada classificatória. Os times colombianos têm feito um belo papel na competição nos últimos anos, afinal, marcaram presença com pelo menos um representante nas semifinais das últimas três edições.

O Santa Fe chega ao grupo dos quatro melhores da Libertadores Feminina com ótimas credenciais, após terminar a fase de grupos com duas vitórias e um empate, três gols feitos e nenhum sofrido. Nas quartas, eliminou o Avaí/Kindermann nas penalidades após empate por 2 a 2 nos 90 minutos.

Tende a ser um confronto bastante desafiador para a Ferroviária, mas as Guerreiras Grenás detém um leve favoritismo pela qualidade individual de suas jogadoras e experiência na competição. Estamos falando das atuais campeãs continentais, que sonham com o tricampeonato da América.

2. Nacional x Corinthians

Data e hora: Terça-feira, 16 de novembro, às 17h30 de Brasília
Local: Estádio Manuel Ferreira, em Assunção (PAR)

Coincidentemente ou não, a segunda semifinal da Libertadores Feminina também é formada por dois clubes que estiveram no mesmo grupo durante a fase de classificação. Nacional e Corinthians se enfrentaram na segunda rodada, e as alvinegras simplesmente "atropelaram" o rival uruguaio: goleada por 5 a 1.

Tendo em vista que o torneio evoluiu bastante de nível e competitividade nos últimos anos, é difícil imaginar que esse placar elástico vá se repetir nas semifinais: amplo favorito diante do Alianza Lima nas quartas, o Timão encontrou dificuldades e venceu por "apenas" 3 a 1, duelo que esteve empatado em grande parte da etapa inicial.

Ainda assim, o Corinthians é amplo favorito diante das uruguaias, por contar com o melhor elenco das Américas e estar fazendo uma temporada amplamente dominante dentro das quatro linhas.

facebooktwitterreddit