Sem Veiga, Lucas Lima ganha sequência no Palmeiras - números em "estreia" com Abel foram positivos

Fabio Utz
Alexandre Schneider/Getty Images
facebooktwitterreddit

Raphael Veiga, nos últimos tempos, assumiu o status de protagonista no Palmeiras. No entanto, o fato de ter sido diagnosticado com Covid-19 abre espaço, mais uma vez, para Lucas Lima ser o armador da equipe. Depois de atuar diante do Goiás, ele estará novamente em campo nesta quarta-feira, quando o Verdão enfrenta o Delfín, no Equador, pela partida de ida das oitavas de final da Libertadores.

Esta é a primeira sequência do atleta, em sua função original, desde que o técnico Abel Ferreira assumiu o comando da equipe. No final de semana (derrota por 1 a 0, pelo Brasileirão), esteve em campo por 45 minutos na derrota por 1 a 0 (acabou "sacrificado" depois da expulsão de Mayke) e apresentou uma participação bastante ativa. Com liberdade para criar, deu quatro passes considerados decisivos, isso sem contar que teve um aproveitamento de 94% nas ações.

Como mostra reportagem trazida pelo Lance!, o meio-campista também se aproximou das linhas defensivas para iniciar as ações de ataque, muito pelo fato de o time não ter conseguido realizar, com qualidade, a transição. Diante disso, ainda colaborou com dois desarmes. Frente aos equatorianos, Lucas Lima terá a parceria de Zé Rafael, que tende a ajudar na melhora da qualidade da saída de bola. A partida na cidade de Manta começa às 19h15min (horário de Brasília).

Para mais notícias do Palmeiras, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit