Sem emoções, primeiro Choque-Rei do ano termina zerado; São Paulo perde Rafinha e Ferraresi

Nathália Almeida
Choquei-Rei terminou zerado e teve poucas chances claras de gol
Choquei-Rei terminou zerado e teve poucas chances claras de gol / Karen Fontes/iShoot/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

O primeiro Choque-Rei da temporada 2023 ficou devendo, e muito. Finalistas do Campeonato Paulista do ano passado, Palmeiras e São Paulo protagonizaram um duelo arrastado neste domingo (22), de pouquíssimas emoções e raras chances claras de gol. No fim das contas, empate justo por 0 a 0 no Allianz Parque, resultado que condiz com o desempenho das duas equipes neste início de ano.

Diante de pouco mais de 40 mil torcedores, o Verdão buscou mais o jogo e criou o lance mais perigoso do primeiro tempo, em boa finalização de Gabriel Menino, defendida pelo goleiro Rafael. No segundo tempo, a equipe de Abel Ferreira continuou mais incisiva e chegou a balançar as redes com Rony, mas o gol foi anulado de forma correta, por impedimento. O Palmeiras ainda reivindicou uma suposta penalidade de Arboleda em Píquerez, lance interpretado como normal pela árbitra de campo, Edina Alves Batista, e pelos profissionais do VAR.

O São Paulo, por sua vez, só chegaria com perigo aos 29' do segundo tempo, em boa jogada individual do atacante David. Recém-chegado, o ponta mostrou personalidade e foi o único jogador do sistema ofensivo tricolor a criar problemas para a defesa rival. Pouco produtivo, o Soberano ainda lamentou duas perdas em seu time principal: Rafinha e Ferraresi se contundiram durante o Choque-Rei e precisaram ser substituídos no decorrer da etapa final.

O empate sem gols no Allianz Parque fez com que Palmeiras e São Paulo se despedissem da terceira rodada do Paulistão com uma campanha praticamente idêntica: ambos lideram suas respectivas chaves com 5 pontos somados, campanha de uma vitória e dois empates.

O próximo confronto do Verdão será na quarta-feira (25), quando visita o Ituano, pela rodada 4 do Estadual. Já o São Paulo recebe a Portuguesa na quinta-feira, 26 de janeiro.

facebooktwitterreddit