Copa do Brasil

Seleção ideal dos jogos de ida das oitavas de final da Copa do Brasil

Antonio Mota
Com destaque para Flamengo e Atlético-MG, veja o “XI ideal” dos jogos de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.
Com destaque para Flamengo e Atlético-MG, veja o “XI ideal” dos jogos de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. / Pool/Getty Images
facebooktwitterreddit

O Flamengo goleou o ABC por 6 a 0 no Maracanã, na noite da última quinta-feira (29), pela partida de encerramento dos jogos de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. O resultado representou uma marca importante para o Fla de Renato Gaúcho e apresentou mais opções para o “XI ideal” desta etapa da competição mais democrática do país.

Sem mais delongas, confira a seleção ideal dos jogos de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

1. Everson (Atlético-MG)

Everson Atlético-MG
Everson vem calando os críticos no Galo. / BRUNA PRADO/Getty Images

Everson mais uma vez mostrou sua importância no Atlético-MG. Firme e seguro, o goleiro foi vital para o Galo bater o Bahia por 2 a 0, tendo feito ótimas defesas ao logo do jogo. Inclusive, ele evitou que o Esquadrão saísse na frente no Mineirão.

2. Madson (Santos)

Madson
Madson foi um motor para o Peixe. / Buda Mendes/Getty Images

Substituto de Pará, Madson soube aproveitar sua oportunidade. O lateral-direito foi bastante acionado e ajudou o Santos a quebrar a muralha montada pelo Juazeirense. Além de ter marcado um gol, o veloz atleta também foi bem na defesa.

3. Réver (Atlético-MG)

Rever
Réver segue bem no Galo. / Pedro Vilela/Getty Images

Réver é um veterano que não parece sentir o passar do tempo. Líder no Atlético-MG, o zagueiro foi soberano no jogo aéreo e também conseguiu levar a melhor no chão na partida contra o Bahia. Um baita jogo do defensor.

4. Miranda (São Paulo)

São paulo Joao Miranda
Miranda é uma das lideranças do São Paulo). / Marcelo Endelli/Getty Images

Miranda é um excelente zagueiro e vem mostrando isso a cada partida no São Paulo. Apesar da idade, o defensor mostra categoria e qualidade de sobra. Contra o Vasco, o medalhão foi novamente muito seguro, tendo feito cortes, desarmes e passado muito segurança aos companheiros.

5. Nicolas (Athletico-PR)

Nicolas Athletico-PR
Nicolas foi bem no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. / Robson Mafra/Agif/Gazeta Press

Apesar de não ter sido brilhante, Nicolas fez a diferença na vitória do Athletico-PR contra o Atlético-GO. O lateral-esquerdo ganhou a maior parte dos duelos aéreos (3 de 4) e também conseguiu fazer boas intervenções na defensa: três cortes, uma intercepção, dois desarmes etc. Foi seguro.

6. Darlan (Grêmio)

Ferreira, Darlan
Darlan fez uma boa partida contra o Vitória na Copa do Brasil. / Pool/Getty Images

Aposta de Felipão, Darlan voltou a ser titular no Grêmio e correspondeu. O meio-campista foi bem na parte defensiva e também conseguiu participar com eficiência no ataque contra o Vitória.

7. David Terans (Athletico-PR)

Athletico-PR David Terans
David Terans tem sido muito importante para Athletico-PR. / Buda Mendes/Getty Images

O meia-atacante Terans vem sendo cirúrgico no Athletico-MR. Neste jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o uruguaio mostrou faro de gol e decidiu novamente para o Furacão. O jogador marcou os dois tentos da vitória do clube contra o Atlético-GO.

8. Arrascaeta (Flamengo)

Flamengo Giorgian De Arrascaeta
Arrascaeta mais uma vez fez a diferença para o Flamengo. / Bruna Prado/Getty Images

Arrascaeta é o coração do Flamengo e provou (de novo) isso contra o ABC. Com muita visão de jogo e qualidade técnica, o camisa 14 precisou de apenas 57 minutos em campo para dar uma assistência e marcar um gol. Uma performance de altíssimo nível.

9. Hulk (Atlético-MG)

Atlético-MG Hulk
Hulk se encaixou como uma luva no Atlético-MG. / Miguel Schincariol/Getty Images

Hulk vem se destacando em praticamente todos os jogos do Atlético-MG. Contra o Bahia, pela partida de ida do jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o atacante mais uma vez mostrou sua força e decidiu, tendo feito um gol e incomodado os adversários.

10. Emiliano Rigoni (São Paulo)

Emiliano Rigoni São Paulo
Rigoni vem crescendo no São Paulo. / Marcelo Endelli/Getty Images

O atacante Rigoni, do São Paulo, fez uma bela partida contra o Vasco. Além de ter anotado um gol, o argentino foi perigoso e participou bastante no setor ofensivo. Uma boa atuação.

11. Gabigol (Flamengo)

Flamengo Gabriel Barbosa
Gabigol é o cara do Flamengo. / Wagner Meier/Getty Images

Embora tenha perdido uma grande chance, Gabigol mais uma vez mostrou que é um dos melhores atacantes em atividade na América do Sul. Rodando por todo o campo e com muito oportunismo, o camisa 9 liderou o ataque rubro-negro e marcou dois gols.

facebooktwitterreddit