Opinião

Penúltima lista de Tite mostra convicção do treinador em nomes consolidados - e isso nem deveria ser surpresa

Lucas Humberto
A velha polêmica se repete: Veiga ficou de fora de mais uma convocação de Tite
A velha polêmica se repete: Veiga ficou de fora de mais uma convocação de Tite / Ricardo Moreira/GettyImages
facebooktwitterreddit

De olho nos amistosos de junho, contra Coreia do Sul e Japão, Tite divulgou mais uma lista nesta quarta-feira (11). Talvez uma das mais importantes dos últimos meses, afinal, a tendência é que o grupo sofra pouquíssimas alterações antes da Copa do Mundo. Nela, as principais novidades ficaram por conta do retorno de Gabriel Jesus e a presença de Danilo, do Palmeiras.

Danilo Brasil Tite Copa do Mundo Seleção Brasileira
Danilo irá participar dos amistosos / NELSON ALMEIDA/GettyImages

Em grande fase nesta reta final de temporada pelo Manchester City, o camisa 9 fez por merecer estar na lista. Pelo menos de acordo com os critérios tão evidenciados pelo treinador nos últimos anos. Danilo, melhor meia defensivo atuando no país, terá uma excelente oportunidade de mostrar seu talento, embora a concorrência na posição não seja das menores.

Quem se aproximou de vez do Mundial do Catar foi Guilherme Arana. De agora em diante, a disputa do lateral do Atlético-MG com Alex Telles será direta. De resto, o restante dos conhecidos rostos demonstra que, mesmo insistindo em dizer o contrário, Tite chega aos meses mais decisivos do seu comando tendo muito mais certezas que incertezas acerca da lista definitiva.

Arana Atlético-MG Brasil Seleção Brasileira Copa do Mundo Tite
Arana é um dos melhores laterais do país / DOUGLAS MAGNO/GettyImages

Como de costume nas últimas convocação, a mesma discussão prevaleceu: e Raphael Veiga? Ausência novamente, o meia do Palmeiras agora parece definitivamente descartado da Copa. Há duas vias para analisar o caso. A primeira, é claro, diz respeito ao destaque do jogador no futebol brasileiro. Tamanho protagonismo não deveria render pelo menos uma oportunidade de teste?

A segunda (e mais polêmica) é: Veiga realmente consegue concorrer com os jogadores já consolidados da posição? Existem vagas restantes no setor? Há tempo hábil para incluí-lo? A dúvida infelizmente irá permanecer. Tite talvez tenha errado em não chamar Raphael ainda em 2021, quando ele já emplacava bons números. Hoje, o técnico apenas segue sua convicção. Agradando ou não. E, nessa altura do campeonato, isso nem deveria ser surpresa mais.

Tite Seleção Brasileira Copa do Mundo
Tite está em seus últimos meses de comando / Eurasia Sport Images/GettyImages
facebooktwitterreddit