Segue o Brasileirão: Botafogo deu ‘chances para o azar’ e o Internacional (com auxílio da arbitragem) aproveitou

Antonio Mota
O que aconteceu Caio Max Augusto Vieira?
O que aconteceu Caio Max Augusto Vieira? / Getty Images/Getty Images
facebooktwitterreddit

O Internacional venceu o Botafogo por 2 a 1, no Beira-Rio, na noite do último sábado (12), pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, em mais uma partida marcada por polêmicas de arbitragem. E uma das mais contestadas e criticadas decisões do árbitro Caio Max Augusto Vieira foi em relação ao segundo gol do Colorado, o qual surgiu após uma 'cobrança' de falta do Glorioso.

Do lance: Éber Bessa, do Alvinegro, sofreu uma falta e o árbitro interrompeu a jogada. Em seguida, Kevin ajeitou a bola e tocou para Diego Cavalieri – aparentemente em um recuo para o goleiro cobrar o lance. Porém, Yuri Alberto, do Inter, pegou a bola – a zaga estava parada – e marcou. Houve tumulto, mas, com auxílio do VAR, Caio Max Augusto Vieira validou o gol.  

A arbitragem brasileira é surreal.
A arbitragem brasileira é surreal. / Getty Images/Getty Images

"O gesto corporal dele mostra isso, o toque sem direção para nenhum atleta. Ele não iniciou a partida. O segundo ponto, mais grave, é que estava fora do local da cobrança da falta. Se o Kevin fizesse um lançamento e um atacante nosso ficasse na cara do gol? O árbitro Caio Max voltaria a cobrança. Só mostra que ele nunca jogou futebol", desabafou Túlio Lustosa, dirigente do Botafogo, após o jogo.

De fato, o lateral do Botafogo não pareceu cobrar a falta – basta ver sua postura e como a zaga se comportou – e a cobrança realmente foi fora do local marcado, o que é “normal”. Portanto, o gol não deveria ter sido validado. O lance foi claro e árbitro poderia muito bem ter voltado a jogada, mas não teve a sensibilidade para entender o fato como um todo.   

Em si, o Botafogo errou ao dar chances para o azar e o Internacional foi oportunista ao aproveitar o lance. É do jogo. E, como de costume, Caio Max Augusto Vieira teve mais uma péssima atuação no futebol brasileiro.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit