Copa do Brasil

Matador marca, goleiro vira herói e gringo estreia: São Paulo abre vantagem sobre o América-MG na Copa do Brasil

Fabio Utz
Luciano foi autor do único gol da partida diante do América-MG
Luciano foi autor do único gol da partida diante do América-MG / Alexandre Schneider/GettyImages
facebooktwitterreddit

Na busca por um título inédito, São Paulo e América-MG iniciaram nesta quinta-feira a briga por vaga à semifinal da Copa do Brasil de 2022. Jogando em um Morumbi repleto, o Tricolor abriu vantagem ao ganhar por 1 a 0 e, assim, terá a possibilidade de jogar por um empate no duelo da volta, em Belo Horizonte. A noite teve um matador confirmando boa fase e um herói que quase virou vilão.

A equipe comandada por Rogério Ceni, é verdade, não fez uma grande apresentação. Os atletas tiveram muita dificuldade para colocar em prática a ideia de jogo do treinador, que em muitos momentos reclamou e pediu para se colocar a bola no chão. É verdade que isso não chegou a acontecer, e foi após uma bela trama que se iniciou justamente por uma ligação direta que, aos 34 minutos do primeiro tempo, uma das muitas bolas alçadas terminou no fundo da rede – Igor Vinicius cruzou para Luciano, atrás da marcação de Iago Maidana, fazer de cabeça.

Thiago Couto Goleiro São Paulo Copa Brasil
Thiago Couto foi de quase vilão a herói no Morumbi / Alexandre Schneider/GettyImages

O tento, claro, consolidou ainda mais o bom momento do atacante, que chegou a 14 bolas na rede na temporada e furou uma defesa até então intransponível no toneio de mata-mata. “A gente soube sofrer quando era para sofrer, mas aproveitamos quando deu e fizemos o gol”, afirmou o artilheiro, que ainda lembrou que alguns times de grande visibilidade não garantiram vantagem. “Ontem os favoritos tudo perderam.” Seria esta uma provocação ao rival Corinthians? Enfim, é possível.

Agora, por pouco o São Paulo também não se complicou. Pouco agressivo, esteve muito perto de sofrer o empate na segunda etapa. Aos 20 minutos, o então contestado goleiro Thiago Couto, em lance de afobação, cometeu pênalti em Henrique Almeida. Pois ele se redimiu e pegou a cobrança de Iago Maidana, garantindo uma explosão de alegria aos tricolores presentes e a clara sensação de alívio. Afinal, o Coelho foi valente. Ah, e ainda deu tempo para a festa ficar completa com a estreia do argentino Galoppo, contratação mais cara da história do Tricolor - como detalhe, ele entrou e logo recebeu cartão amarelo. Tá bom ou quer mais?

Para mais notícias do São Paulo, clique aqui.

Para mais notícias do América-MG, clique aqui.

facebooktwitterreddit