Ronald Koeman é realista e sabe que o Barcelona de hoje não briga pela LaLiga – e nem pela Champions League

Dec 30, 2020, 1:44 PM GMT-3
Ronald Koeman
Ronald Koeman segue acreditando no Barcelona, mas sabe das dificuldades que vai ter que enfrentar para tirar taça do Atleti ou do Real Madrid. | Quality Sport Images/Getty Images
facebooktwitterreddit

O Barcelona empatou em 1 a 1 com o modesto Eibar, no Camp Nou, na tarde da última terça-feira (29), pela 16ª rodada do Campeonato Espanhol. Com o ponto conquistado, o Barça chegou aos 25 pontos e se manteve na sexta colocação da liga. Após o apito final, o técnico Ronaldo Koeman comentou sobre a situação do clube grená e foi realista ao responder se os catalães seguem ou não na briga pela taça da LaLiga.

“Temos que ser realistas. É verdade que nada é impossível na vida, mas a distância para o Atlético de Madrid já é muito importante. Estamos falando de uma equipe que dá poucas opções aos rivais e é muito regular. Vai ser complicado", declarou o holandês. Cabe lembrar que os líderes Colchoneros têm 32 pontos e duas partidas a menos – uma vai ser paga hoje (30), contra o Getafe, no Wanda Metropolitano – que o Barcelona.

Realista, Ronald Koeman praticamente "joga a tolha" do Barcelona na LaLiga 2020/21.
Realista, Ronald Koeman praticamente "joga a tolha" do Barcelona na LaLiga 2020/21. | Soccrates Images/Getty Images

Com a declaração, Koeman deixou claro que sabe que o Barcelona vai ter muitas dificuldades para conseguir superar o líder Atlético de Madrid e até mesmo o vice Real Madrid. E não apenas pelos sete pontos de diferença entre os times ou pela quantidade de jogos, mas pelo futebol que a equipe vem apresentando. O Barça, hoje, mesmo que esteja melhorando, ainda não é entrega o esperado e paga por isso.

E mais: o time erra demais, oscila muito, depende muito de Lionel Messi, se desorganiza e se “afoba” com certa facilidade e, aparentemente, não consegue “peitar” os grandes – basta ver que a equipe perdeu para o Atlético de Madrid, para o Real Madrid e para a Juventus recentemente. “Sem ele (Messi), é difícil fazer gols e cometemos muitos erros”, disse Ronald Koeman, na mesma entrevista coletiva.

Portanto, de fato, Ronald Koeman foi apenas realista e segurou os ânimos dos fãs mais empolgados. O Barcelona, hoje, sem empolgação, vibração e bom futebol, não briga pela LaLiga ou pela Champions League.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit