Transferências

Rodrigo Caetano elogia Paulinho, mas frustra torcida do Atlético-MG ao falar sobre negociação

Antonio Mota
Sem espaço no Bayer Leverkusen, Paulinho movimenta bastidores do Atlético-MG; diretor de futebol do Galo se posiciona.
Sem espaço no Bayer Leverkusen, Paulinho movimenta bastidores do Atlético-MG; diretor de futebol do Galo se posiciona. / VI-Images/GettyImages
facebooktwitterreddit

O atacante Paulinho, do Bayer Leverkusen, continua movimentando os bastidores do Atlético-MG. Após o ex-Vasco seguir o clube mineiro e Hulk nas redes sociais, o diretor de futebol Rodrigo Caetano, do Galo, comentou sobre o jovem e não deu sequência a empolgação dos torcedores. O dirigente colocou uma negociação com o futebolista do Bayer como “impossível” no momento.

"Se fosse para fazer qualquer negociação de aquisição, resposta está dada, impossível", disse Caetano. O cartola ainda elogiou Paulinho, mas reforçou que o Atlético não tem condições financeiras de adquiri-lo. O atacante tem contrato até o final da atual temporada europeia (meados de 2023) e não tem sido utilizado com frequência na Alemanha.

Paulinho, ex-Vasco, aparece na mira do Galo.
Paulinho tem contrato até a metade do ano que vem na Alemanha. / Frederic Scheidemann/GettyImages

“Paulinho saiu do Vasco se não me engano por 20 milhões de euros. Agora, em relação a qualidade dele, e se amanhã ou depois ele optar pelo fim do contrato e tivemos a oportunidade de apresentar um projeto que o seduza, é nossa obrigação fazer isso”, continuou o dirigente do Galo, em conversa com a Rádio 98.

"Em relação a qualidade é indiscutível, joga nas duas beiradas, joga por dentro e jovem. Agora, o Galo não tem condição hoje de fazer uma proposta. Pode e deve acompanhar o movimento."

finalizou Rodrigo Caetano.

Cria do Vasco, Paulinho se mudou para a Europa em 2018, quando foi vendido ao Bayer Leverkusen. O atacante tem contrato até junho do ano que vem. Se não renovar, ele já poderá assinar um pré-contrato no início do ano que vem para deixar a equipe alemã de graça após o término do contrato. Vale pontuar que o jovem parou de seguir o Galo.

facebooktwitterreddit