Rivais travam batalha por Willian, e cada um tem suas "armas" para anunciar o brasileiro

Willian
Chloe Knott - Danehouse/Getty Images

Se os torcedores de Arsenal e Tottenham sonham com contratações milionárias para a montagem dos respectivos elencos para a próxima temporada do futebol europeu, até para duelar em condições de igualdade com os próprios times da Premier League, devem se decepcionar. A crise gerada pela pandemia de coronavírus tende a implicar em gastos mínimos. E diante, deste cenário, a dupla de Londres deve travar uma batalha, segundo o jornal The Telegraph, pelo brasileiro Willian, do rival Chelsea.

Willian, Jose Mourinho
Julian Finney/Getty Images

Sem acordo para a renovação de seu contrato com os Blues, o meia-atacante ficará livre no mercado, podendo assinar com qualquer equipe sem que esta precise pagar pelos seus direitos econômicos. Assim, desperta o interesse das equipes da capital inglesa. O Tottenham, a princípio, estaria liderando esta disputa, uma vez que seu técnico, José Mourinho, tem excelente relacionamento com Willian - ambos trabalharam juntos no próprio Chelsea, onde o atleta de 31 anos está desde 2013. No entanto, o Arsenal possui uma carta a tirar do baralho. Kia Joorabchian, representante do jogador, possui boa entrada no Emirates, para onde levou o zagueiro David Luiz no último verão.

FBL-ENG-BRAZIL-RUSSIA-LAUNDER-JOORABCHIAN
CHRIS YOUNG/Getty Images

A princípio, nada indica que o clube de Stamford Bridge irá reconsiderar a situação do brasileiro. Este, para chegar a um acordo, deseja um vínculo de três temporadas, enquanto os dirigentes oferecem apenas dois. Porém, dada a falta de dinheiro para achar um substituto, não se descarta uma mudança deste cenário. E, se isso, acontecer, Tottenham e Arsenal terão é que lutar por outro nome.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.