Secretarias de saúde autorizam volta aos estádios do Rio em nova resolução; Paes diz que medida será revogada

Jan 13, 2021, 8:46 AM GMT-3
Prefeitura e governo do estado autorizaram em conjunto o retorno dos torcedores aos estádios no Rio.
Prefeitura e governo do estado autorizaram em conjunto o retorno dos torcedores aos estádios no Rio. | Buda Mendes/Getty Images
facebooktwitterreddit

*Matéria atualizada às 08:45h (horário de Brasília)

Primeiro estado a voltar o futebol no Brasil (não sem evitar as polêmicas), o Rio de Janeiro parece disposto a tomar a dianteira mais uma vez ao panorama atual. Isso porque, a prefeitura e o governo do estado - através de uma resolução assinada em conjunto por suas respectivas secretarias de saúde - em tese autorizaram a partir desta quarta-feira a presença de público nos estádios. A informação foi dada em primeira mão pelo G1, mas o fato já encontrou entrave em Eduardo Paes, prefeito carioca, que se manifestou contrário à resolução.

Vasco da Gama v Ponte Preta - Copa do Brasil 2014 (Herbalife)
Vasco da Gama v Ponte Preta - Copa do Brasil 2014 (Herbalife) | Buda Mendes/Getty Images

De acordo com o veículo, a volta dos torcedores não seria integral, mas sim com restrições e atendendo a determinados critérios especificados anteriormente. Ou seja, caso a região onde se encontra o estádio estiver designada como "risco moderado", a capacidade será de 20%. Se for "alto", será de 10%, enquanto "muito alto" seguirá sem público. Paes, no entanto, afirmou que tal medida será revogada em virtude da dificuldade de fiscalização:

Para se ter uma ideia, o Maracanã - principal estádio da cidade e sede da final da Conmebol Libertadores 2020 - se encontra numa área que no momento está classificada como de risco "alto", então poderia receber no máximo cerca de 8 mil torcedores nos jogos que lá forem realizados.

Até o momento, a capital registrou 15.664 mortos, de um total de 175 mil casos confirmados. Já no estado são mais de 26 mil mortes e 465 mil casos, segundo o painel de Covid-19.

facebooktwitterreddit