Flamengo

Renato Gaúcho fala pela primeira vez após sair do Flamengo: "Não faltou garra nem empenho"

Vitor Beloti
Renato Gaúcho deixou o Flamengo após o vice-campeonato da Libertadores
Renato Gaúcho deixou o Flamengo após o vice-campeonato da Libertadores / Pool/GettyImages
facebooktwitterreddit

Contestado pela torcida, Renato Gaúcho deixou o Flamengo após perder a final Libertadores para o Palmeiras, no último final de semana. Contratado em julho deste ano para substituir Rogério Ceni, ele comandou o rubro-negro em 38 jogos (25 vitórias, 8 empates e 5 derrotas), com um aproveitamento de 72,8%.

Três dias após sair do clube carioca, ele usou as redes sociais para se despedir da torcida.

No momento, a ideia do treinador é dar uma folga para o mundo do futebol e só voltar a pensar em sua carreira profissional a partir de 2022.

Enquanto isso, Marcos Braz e a cúpula flamenguista analisam opções do mercado para saber quem assume o time na próxima temporada, visto que o auxiliar Mauricio Souza foi escolhido para trabalhar na área técnica durante os últimos três jogos do Campeonato Brasileiro. O clube da Gávea, aliás, é o único que ainda pode tirar o título do Atlético-MG. Para isso o alvinegro deve somar apenas um ponto nos três jogos que tem a disputar (Bahia, Red Bull Bragantino e Grêmio).

facebooktwitterreddit