Atlético MG

Renato Gaúcho e mais: as opções do Atlético-MG para substituir El Turco Mohamed

Lucas Humberto
Demitido do cargo, El Turco deve ser substituído por um rosto conhecido do futebol brasileiro
Demitido do cargo, El Turco deve ser substituído por um rosto conhecido do futebol brasileiro / Alexandre Schneider/GettyImages
facebooktwitterreddit

El Turco não resistiu no comando do Atlético-MG. Nesta sexta-feira, 22, um dia após o empate em 1 a 1 entre Cuiabá e Galo, na Arena Pantanal, pelo Brasileirão, a demissão do técnico argentino foi anunciada. Nas últimas semanas, a pressão sob o irregular trabalho de Mohamed dava sinais de crescimento. Em meio às incertezas, a queda parecia questão de tempo.

"O #Galo informa que Antonio Mohamed não é mais treinador do Clube. El Turco e seus auxiliares foram desligados hoje pela manhã, pelo presidente Sérgio Coelho e o diretor de futebol Rodrigo Caetano. O auxiliar técnico permanente Lucas Gonçalves comandará o time neste domingo", publicou a equipe em suas redes sociais.

Agora, a pergunta de um milhão de reais - ou talvez um pouco mais - é a seguinte: quem será o sucessor? Afinal de contas, com quais opções o atual campeão brasileiro trabalha para substituir Antonio? Se depender apenas de Sérgio Coelho, há um grande favorito: Renato Gaúcho, livre no mercado desde que deixou o Flamengo em novembro de 2021.

Há, contudo, novos nomes surgindo no colegiado atleticano. Outros dirigentes defendem que Odair Hellmann, ex-Internacional, Fluminense, deve ser considerado. Ele também está livre depois de rescindir seu contrato com o Al Wasl, dos Emirados Árabes. A chance de outro estrangeiro desembarcar em Belo Horizonte é praticamente nula.

Com a temporada se encaminhando para a metade final, o Galo entende que pode não haver tempo hábil para a adaptação. Aliás, a necessidade de ter alguém que conhece os detalhes do futebol brasileiro colocou o nome de Cuca novamente na rota dos mineiros. Mas, diante da intenção do ídolo atleticano de não trabalhar este ano, o retorno parece para lá de improvável.

Outro nome bem lembrado pela torcida é Jorge Sampaoli. Depois da surpreendente decisão de deixar o Olympique de Marselha às vésperas do início da temporada, o comandante está livre para buscar sua nova empreitada. Mas, por ora, o argentino não está na lista de sucessores. de Turco. De qualquer maneira, o novo técnico sabe que terá um contrato curto, válido apenas até dezembro.

facebooktwitterreddit