Reforço do Atlético-MG, Patrick reencontra Coudet e Edenilson, quando viveu melhor fase da carreira; veja números

Bia Palumbo
Patrick e Edenilson atuaram juntos no Internacional que foi vice-campeão brasileiro em 2020
Patrick e Edenilson atuaram juntos no Internacional que foi vice-campeão brasileiro em 2020 / Silvio Avila/GettyImages
facebooktwitterreddit

Contratado pelo Atlético-MG, o meio-campista Patrick será uma das novidades do Galo para a temporada 2023. Ele foi apresentado nesta semana, inscrito e está liberado para estrear neste sábado (21), diante da Caldense, na estreia do Campeonato Mineiro. Aos 28 anos, o camisa 49 terá como companheiros Igor Gomes, que também estava no São Paulo, e Edenílson, com quem atuou no Inter.

O nome dele foi indicado por Eduardo Coudet, visto que o argentino era o técnico do Colorado em 2020, quando o Pantera estava em Porto Alegre.

Patrick e Coudet trabalharam juntos entre e janeiro novembro de 2020. Ao todo foram 46 jogos, sendo 24 vitórias, 13 empates e apenas nove derrotas.

O Pantera teve participação direta na campanha que classificou o Inter para a Libertadores 2021 e formou meio de campo ao lado de Edenílson, que entrou na seleção do Campeonato Brasileiro daquele dano e agora também vai jogar no Galo.

A ida para o Morumbi também rendeu frutos - o time chegou a duas finais, Campeonato Paulista e Copa Sul-Americana, além do que Patrick foi considerado um dos jogadores mais importantes do Tricolor Paulista no Brasileirão 2022.

facebooktwitterreddit