Futebol brasileiro

Red Bull Bragantino cai no Paulistão e concentra suas forças na estreia na Libertadores

Bia Palumbo
Mauricio Barbieri é o técnico mais longevo entre os 20 clubes da Série A do Brasileirão
Mauricio Barbieri é o técnico mais longevo entre os 20 clubes da Série A do Brasileirão / Pedro Vilela/GettyImages
facebooktwitterreddit

A derrota por 2 a 1 para o Palmeiras neste sábado (26) no Allianz Parque encerrou a participação do Red Bull Bragantino no Campeonato Paulista.

"Saímos tristes pela desclassificação, mas o time está crescendo. Jogamos de igual para igual, foi um jogo de detalhes, mas pecamos em algumas decisões e infelizmente não conseguimos a vitória", lamentou o meio-campista Hyoran, contratado nesta temporada junto ao Atlético-MG.

Com isso, o time de Mauricio Barbieiri agora pode se dedicar integralmente na preparação para a a Copa Libertadores, competição que disputa pela primeira vez na história. A estreia é no dia 6 de abril diante do Nacional (Uruguai), um dos clubes tradicionais do torneio, que chegou a seis finais e levantou três taças (1971, 1980 e 1988). O Massa Bruta está no grupo C, que ainda tem dois argentinos (Estudiantes e Vélez Sarsfield).

"Temos um ano muito desafiador pela frente, Para evoluir tem que doer, Não podemos mudar nossa forma de jogar, pressionando e buscando atacar. Libertadores vão ser jogos disputados, precisamos manter nossa forma de jogo agressiva e isso com certeza vai dar bons resultados."

Hyoran, do Red Bull Bragantino
facebooktwitterreddit