Futebol brasileiro

Rebaixamento e Libertadores: rodada pode definir futuro da dupla Grenal no Brasileirão

Bia Palumbo
Mesmo sem entrar em campo, jogos desta segunda-feira (6) interessam - e muito - o Grêmio de Thiago Santos
Mesmo sem entrar em campo, jogos desta segunda-feira (6) interessam - e muito - o Grêmio de Thiago Santos / Silvio Avila/GettyImages
facebooktwitterreddit

Seis jogos encerram a 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, a penúltima da atual edição, nesta segunda-feira (6). E haverá novidade na luta contra o rebaixamento: uma combinação de resultados pode determinar a queda do Grêmio para a Série B.

A matemática é a seguinte: como empatou com o Corinthians no final de semana, o tricolor gaúcho chegou a 40 pontos e então precisa torcer por derrotas de Cuiabá ou Juventude, que mais tarde enfrentam Fortaleza e São Paulo, respectivamente. Caso ambos empatem o Grêmio está rebaixado.

Vagner Mancini
Matemáticos dizem que Grêmio tem 98% de chances de rebaixamento / Alexandre Schneider/GettyImages

Se chegar vivo à última rodada, para seguir na elite em 2022 o Grêmio do técnico Vagner Mancini precisa vencer o já campeão Atlético-MG nesta quinta-feira (9) e torcer contra dois dos seguintes clubes: Bahia, Cuiabá e Juventude, que na sequência enfrentam Fortaleza, Santos e Corinthians, respectivamente.


A gangorra da dupla Grenal

Já o Internacional vive situação oposta no campeonato: o objetivo é disputar a próxima Libertadores. O time depende apenas de si para conseguir a classificação. Se ganhar do Atlético-GO em Porto Alegre nesta noite, sobe duas posições na tabela e atinge o G-8. Nesse sentido, o Colorado entraria em campo na última rodada com chance inclusive de carimbar a vaga na fase de grupos.

Diego Aguirre, Yuri Alberto
Diego Aguirre tenta conduzir o Inter à vaga direta na Libertadores / Silvio Avila/GettyImages

Um tropeço diante do Dragão mantém o Inter vivo na luta para ir à próxima edição do torneio continental e lutar pelo tricampeonato, mas aí neste caso o time precisaria de uma combinação de resultados.

O confronto no Estádio Beira-Rio é considerado um "jogo de seis pontos", já que os visitantes também sonham com a participação inédita no torneio mais importante do continente. Para isso é necessário vencer os dois últimos jogos (Inter e Flamengo) e "secar" o América-MG, adversário do São Paulo na última rodada.

Próximos jogos do Brasileirão

Segunda (6)
19h - São Paulo x Juventude
19h - Athletico-PR x Palmeiras
20h - Cuiabá x Fortaleza
20h - Internacional x Atlético-GO
20h - Flamengo x Santos
21h - Chapecoense x Sport Recife

facebooktwitterreddit