Futebol Internacional

Ranking: os 10 favoritos a conquistar a Bola de Ouro 2021

Lucas Humberto
De goleador Lewandowski ao cerebral Jorginho: os 10 favoritos a conquistar a Bola de Ouro 2021.
De goleador Lewandowski ao cerebral Jorginho: os 10 favoritos a conquistar a Bola de Ouro 2021. / CHRISTOF STACHE/GettyImages
facebooktwitterreddit

Após um ano de interrupção em decorrência do cenário pandêmico, a almejada Bola de Ouro, da revista France Football, será entregue no dia 29 de novembro. E, ao contrário de algumas edições anteriores, não há nenhum favorito disparado ao prêmio individual mais importante da modalidade.

Claro, existem os principais postulantes, mas nada que dê ampla vantagem frente aos demais. Abaixo, nós construímos um ranking detalhando as credenciais de alguns dos candidatos de maior expressão.

1. Robert Lewandowski

Lewandowski Bola de Ouro Bundesliga Bayern de Munique
Lewandowski segue quebrando recordes na Bundesliga / CHRISTOF STACHE/GettyImages

Principal nome do hegemônico Bayern de Munique nos últimos anos, Robert Lewandowski, atual melhor jogador do mundo, chega favorito para essa edição da Bola de Ouro.

Após superar o recorde de Gerd Müller ao anotar 41 gols na última edição da Bundesliga, o centroavante polonês segue letal nos gramados alemães. A falta de conquistas expressivas por seleção, no entanto, pode pesar.

2. Jorginho

Jorginho Chelsea Itália Nations League Bola de Ouro
Jorginho é absoluto em clube e seleção / James Williamson - AMA/GettyImages

Vivendo o ano mais vitorioso da sua carreira, o desempenho de Jorginho foi reconhecido pela própria Uefa, que o entregou o prêmio de melhor jogador da temporada 2020/21 na Europa, desbancando N'Golo Kante e Kevin De Bruyne.

Indispensável nas glórias recentes do Chelsea e seleção italiana, o meio-campista pode até não ter números expressivos em termos de gols e assistências, mas está cada dia mais vital no âmbito da organização. Não seria surpresa se ele levasse outra premiação individual.

3. Karim Benzema

Karim Benzema Real Madrid Bola de Ouro Nations League
Mais uma vez protagonista dos merengues, Benzema aparece entre os favoritos para Bola de Ouro / Quality Sport Images/GettyImages

Grande nome do Real Madrid depois da saída de Cristiano Ronaldo, Karim Benzema teve mais um ano goleador em LaLiga. De volta ao time nacional francês, o centroavante acabou ficando marcado pela campanha frustrante na Euro 2020. No entanto, ele segue vivo na disputa da Nations League e sabe que vencer o torneio seria um passo e tanto rumo ao prêmio.

4. Kevin De Bruyne

Kevin De Bruyne Manchester City Nations League Bélgica Bola de Ouro
Kevin De Bruyne em ação pelo Manchester City / Michael Regan/GettyImages

Outro jogador que vê a Liga das Nações como torneio capaz de impulsionar o favoritismo, Kevin De Bruyne pode ser classificado como cérebro do vitorioso Manchester City. Multifuncional, o belga não só atuou em diversos setores do campo, como conseguiu ser crucial em todos.

Campeão da Premier League e finalista da Liga dos Campeões, o meia-atacante só "ficou devendo" na Eurocopa. E, infelizmente, sabemos que a temporada de seleções costuma ter um peso muito grande na Bola de Ouro.

5. N'Golo Kante

N'Golo Kante Nations League Chelsea Champions League Bola de Ouro
Kanté não apareceu na relação final para disputa da Liga das Nações / James Williamson - AMA/GettyImages

Polivalente e capaz de ocupar espaços com maestria, N'Golo Kante teve papel crucial na conquista da Champions League pelo Chelsea. Por outro lado, a decepcionante campanha da França na Euro, bem como a ausência do volante na lista final da Nations League, devido ao positivo para Covid-19, podem ser marcas negativas.

6. Lionel Messi

Lionel Messi Barcelona Copa América PSG Bola de Ouro
Messi colocou fim ao jejum da Argentina / John Berry/GettyImages

Apesar das cornetas por conta da "demora" em anotar seu primeiro tento pelo Paris Saint-Germain, precisamos lembrar que Lionel Messi conseguiu se destacar mesmo no letárgico Barcelona. Foram 52 participações em gols (38 tentos + 14 assistências) em 47 jogos da temporada 2020/21, além da importante conquista da Copa América.

7. Kylian Mbappé

Kylian Mbappe Nations League Bélgica França Bola de Ouro
Mbappé ainda disputa a Nations League / Catherine Steenkeste/GettyImages

Assim como no caso dos outros franceses da lista, Mbappé será "perseguido" pela eliminação precoce na Eurocopa. Por outro lado, ostenta números impactantes na Ligue 1: 53 participações em gols (42 tentos + 11 assistências) em 47 duelos. Se vencer a Nations League, o favoritismos pode ampliar...

8. Romelu Lukaku

Romelu Lukaku Juventus Inter de Milão Chelsea Bola de Ouro
Lukaku quebrou a hegemonia da Juventus na Série A / Marc Atkins/GettyImages

Com lugar garantido entre os grandes responsáveis por quebrar a hegemonia da Juventus no calcio, o centroavante belga deixou a Inter de Milão e partiu rumo ao Chelsea na última janela. Conhecido por aliar força física à qualidade técnica, Lukaku espera brilhar na Liga das Nações para aparecer em melhores colocações no ranking da Bola de Ouro.

9. Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo Juventus Copa da Itália Manchester United Bola de Ouro
CR7 conseguiu se destacar na irregular Juventus / Visionhaus/GettyImages

Capaz de brilhar mesmo na irregular Juventus de Andrea Pirlo, Cristiano Ronaldo acertou seu retorno à Premier League. Tendo vencido apenas a Copa da Itália em 2021, CR7 merece lugar no ranking, mas longe de ser favorito. Os números são bons - 40 participações em gols em 40 partidas -, porém o protagonismo foi pouco frutífero.

10. Erling Haaland

Erling Haaland Donyell Malen Bundesliga Borussia Dortmund
Haaland tem números impressionantes na Bundesliga / Matthias Hangst/GettyImages

Encerramos o ranking com a grande estrela do Borussia Dortmund e nome que certamente estará envolvido nas maiores novelas da próxima janela de transferências. Definidor nato, Haaland balançou as redes 41 vezes em 40 oportunidades na temporada 2020/21.

Apesar das estatísticas fenomenais, ele encerra o ano tendo vencido apenas a Copa da Alemanha. No âmbito das seleções, o atacante espera conseguir a tão sonha classificação rumo ao Mundial do Catar, embora o time nacional passe longe de ser expressivo.

facebooktwitterreddit