Seleção Brasileira

Ramon Menezes é o novo técnico da Seleção Brasileira Sub-20

Matheus Nunes
Campeão da Libertadores como jogador, Ramon retornou ao Vasco como técnico e também trabalhou em clubes como CRB e Vitória
Campeão da Libertadores como jogador, Ramon retornou ao Vasco como técnico e também trabalhou em clubes como CRB e Vitória / Miguel Schincariol/GettyImages
facebooktwitterreddit

Nesta segunda-feira (7), a CBF anunciou Ramon Menezes como o novo técnico da Seleção Brasileira sub-20. Ele chega com a missão de preparar a equipe para o Sul-Americano de 2023, classificatório para a Copa do Mundo da categoria. Ele estava sem clube desde que deixou o Vitória, em agosto.

O novo treinador já havia aceitado o convite há cerca de um mês, mas só foi apresentado agora. Substituto do campeão olímpico André Jardine, que foi trabalhar no México, ele vem trabalhando internamente pensando já na sua primeira convocação.

"Encaro esse chamado para treinar a categoria sub-20 como uma convocação. Estou pronto para o desafio. Há alguns anos já acompanho os jovens atletas e conheço bem essa geração. É sempre uma honra estar na Seleção Brasileira."

Ramon Menezes, técnico da seleção sub-20

Os mais conhecidos desta geração são os atacantes Matheus Nascimento (Botafogo) e Marcos Leonardo (Santos), mas há outros que também ganharam espaço nos times profissionais, casos de Jader (Athletico Paranaense) e Sávio (Atlético-MG). Todos citados disputaram a Revelations Cup, em novembro, na última vez que a sub-20 se reuniu, e desta vez alguns nomes que jogaram a Copa São Paulo de Juniores, como o artilheiro Endrick (Palmeiras) podem ser lembrados.

Ramon deve trabalhar em parceria com Dudu Patetuci, técnico das seleções sub-16 e sub-18, e Phelipe Leal, da sub-17. O ex-jogador Branco, que é coordenador das categorias de base da Seleção Brasileira, disse que ele era o nome certo para assumir a categoria. "Ramon mostrou-se o mais qualificado e preparado entre os nomes avaliados. Tem o perfil que buscamos em nossos treinadores. É um profissional moderno, acostumado a lidar com atletas mais jovens e ainda traz toda a sua experiência como ex-jogador".

Mineiro de Mutum, Ramon começou a carreira de treinador em 2015, no comando do A.S.S.E.V de Goiás, onde conquistou seu único título fora das quatro linhas: Série C do Campeonato Goiano. Após isso, passou por Anápolis, Guarani-MG, Joinville, Tombense, Vasco, CRB e Vitória.

facebooktwitterreddit