Rafael Sobis não é o mesmo do Bi da Copa do Brasil, mas pode ser muito útil para o Cruzeiro de Felipão

Antonio Mota
Rafael Sóbis, mesmo longe do auge, ainda tem condições de ajudar o Cruzeiro.
Rafael Sóbis, mesmo longe do auge, ainda tem condições de ajudar o Cruzeiro. / Pedro Vilela/Getty Images
facebooktwitterreddit

O Cruzeiro oficializou, na manhã da última quarta-feira (11), a contratação de Rafael Sóbis, ex-Ceará. Velho conhecido, o veterano voltou à Toca como uma aposta de Luiz Felipe Scolari e vai participar do projeto celeste de retomada à elite do futebol nacional. Aos 35 anos, o atacante não passava por uma grande fase no Vozão, tanto que foi negociado, mas pode ser uma boa opção para a Raposa.

Multicampeão, experiente, bom finalizador, brigador e com boa capacidade técnica e tática, Sóbis não deve brigar por artilharia – assim como fez na Copa do Brasil de 2017 – ou ser o principal destaque da equipe mineira, mas pode ser muito útil na luta pelo retorno à Série A do Brasileirão, assim como foi quando o time brigava contra o rebaixamento em 2016. Uma bela sacada de Felipão.  

Além do mais, o Cruzeiro não ostenta um ataque tão bom e poderoso ao ponto de desprezar o ex-Ceará, Internacional, Fluminense e outros clubes do Brasil e do mundo, o que faz dele uma alternativa ainda mais atrativa. Sem dúvidas, Sóbis acrescenta muito à Raposa e também aos seus companheiros – Airton, Marcelo Moreno, Sassá, Arthur Caíke, Welinton, William Pottker e companhia ganharão muito com o veterano.    

Portanto, mesmo longe de sua melhor versão, Rafael Sóbis ainda tem lenha para queimar e pode ser uma arma importante do Cruzeiro na Série B. Além disso, o clube também ganhou na parte financeira, uma vez que o acerto com o atleta também colocou fim a uma ação que corria na Justiça do Trabalho. Bom para todos.

facebooktwitterreddit