Brasileirao Série A

Quem lucrou e quem teve prejuízo com a volta do público aos estádios no último final de semana

Vitor Beloti
Atlético-MG teve prejuízo com a volta dos torcedores ao Mineirão.
Atlético-MG teve prejuízo com a volta dos torcedores ao Mineirão. / YURI EDMUNDO/Getty Images
facebooktwitterreddit

A volta dos torcedores aos estádios tem sido algo maravilhoso para os clubes, já que conseguem ter o apoio da torcida para buscar uma grande vitória quando jogam dentro de casa. No entanto, mesmo que dentro de campo os clubes consigam sair vitoriosos, fora dele a situação é totalmente diferente.

Na última rodada, o Mineirão recebeu cerca de 7.166 torcedores para acompanhar a partida entre Atlético-MG e Internacional, líder e sétimo colocado, respectivamente, do Campeonato Brasileiro, mas que gerou prejuízo para os cofres atleticanos. De acordo com a lista de pagamentos, a diretoria do Galo arrecadou um pouco mais de R$ 355 mil por causa da venda de ingressos, porém os gastos pela abertura dos portões foram aumentados, e a conta terminou negativa no valor de R$ 35 mil.

Hulk, Rodrigo Dourado
Atlético-MG venceu o Internacional por 1 a 0, no Mineirão. / Pedro Vilela/Getty Images

Em relação ao jogo entre Fortaleza e Atlético-GO, confronto entre o quarto e décimo colocado, respectivamente, do Brasileirão, o prejuízo foi parecido. Além da péssima derrota dentro de casa por 3 a 0, o time comandado por Vojvoda saiu com uma conta negativa de R$ 48 mil, terminando a rodada com uma dupla perda.

O único clube que saiu de forma positiva fora de campo com a volta do público foi o Grêmio, que conseguiu cerca de R$ 184 mil com a presença de 6.847 torcedores pagantes na Arena do Grêmio. As outras partidas do Campeonato Brasileiro que foram disputadas no último final de semana ainda não tiveram seus documentos registrados na CBF.

Com informações do Uol Esporte.

facebooktwitterreddit