Champions League

Quanto em premiação os clubes recebem por jogar na fase de grupos da Champions League?

Lucas Humberto
Champions League 2022/23 terá 32 clubes de 15 países diferentes na fase de grupos
Champions League 2022/23 terá 32 clubes de 15 países diferentes na fase de grupos / Fran Santiago/GettyImages
facebooktwitterreddit

A Champions League está entre nós! Junto aos confrontos tradicionais, a expectativa pelo bom desempenho dos gigantes e a espera pelo azarão da edição, há sempre a questão econômica borbulhando. A principal competição europeia no âmbito dos clubes paga muito bem. E isso não muda nem diante de um calendário bem atípico em razão da Copa do Mundo.

Só a disputa da etapa de grupos garante aos 32 times participantes alguns milhões em conta. De acordo com as informações divulgadas pela Uefa, uma equipe campeã com 100% de aproveitamento arrecadaria cerca de 81 milhões de euros. Isso, claro, contabilizando a soma desde os confrontos iniciais. Veja:

Karim Benzema, centroavante do Real Madrid
Merengues partem em busca do 15º título / Denis Doyle/GettyImages

As premiações da Champions League (valor por fase)

  • Participação na fase de grupos - 14,8 milhões de euros (R$ 75,6 milhões)
  • Vitória na fase de grupos - 2,8 milhões de euros (R$ 14,3 milhões)
  • Empate na fase de grupos - 930 mil de euros (R$ 4,7 milhões)
  • Classificação às oitavas - 9,6 milhões (R$ 49 milhões)
  • Classificação às quartas - 10,6 milhões de euros (R$ 54,1 milhões)
  • Classificação à semifinal - 2,5 milhões de euros (R$ 79,1 milhões)
  • Finalistas - 15,5 milhões de euros (R$ 79,1 milhões)
  • Campeão - 4,5 milhões de euros (R$ 22,9 milhões)

As altas cifras têm por objetivo afastar de vez os fantasmas da Superliga. Em abril do ano passado, as discussões acerca da criação de um torneio independente abalaram os alicerces do futebol europeu. Não avançou. Agora, surgem outras questões: será que o Real Madrid conquista Lá Décima Quinta? Ou o Manchester City leva a primeira? Liverpool novamente indo longe? Veremos...

Erling Haaland, centroavante do Manchester City
Com Haaland como estrela, City busca o primeiro título europeu da sua história / Shaun Botterill/GettyImages
facebooktwitterreddit