Brasileirao Série A

Qual era o time do Cruzeiro em sua última partida na Série A do Campeonato Brasileiro?

Antonio Mota
Ainda com Fábio, o Cruzeiro se despediu da Série A do Brasileirão em 2019. Relembre.
Ainda com Fábio, o Cruzeiro se despediu da Série A do Brasileirão em 2019. Relembre. / Miguel Schincariol/GettyImages
facebooktwitterreddit

Há mais de dois anos e meio, em dezembro de 2019, o Cruzeiro disputava a sua última partida na Séria A do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, a Raposa encarou e perdeu para o Palmeiras por 2 a 0, no Mineirão, pela 38ª rodada, e não conseguiu escapar da zona de rebaixamento da liga. Batido, o time de BH demorou a se recuperar, mas o fez nesta semana ao bater o Vasco, chegar aos 68 pontos e assegurar uma das vagas da Série B para a elite nacional.

Nestes mais de 1000 dias na Segunda Divisão, o Cruzeiro passou por muitas mudanças, enfrentou crises, mudou de gestão, se tornou SAF (Sociedade Anônima do Futebol) e, sob os cuidados de Ronaldo Fenômeno, suou para conseguir o tão sonhado retorno ao principal escalão do esporte no Brasil. A Raposa voltou! E com muito estilo, já que ainda restam sete rodadas a serem cumpridas na competição.

Naquele amargo dia 8 de dezembro de 2019, em um Mineirão tempestuoso e com pouco mais de 27 mil presentes, o Cruzeiro confirmou presença na Série B de 2020 com o seguinte time: Fábio; Orejuela (Weverton), Cacá, Leo e Dodô; Henrique, Jadson e Éderson; Marquinhos Gabriel, Ezequiel (Sassá) e Pedro Rocha (Maurício). O técnico era Adilson Batista.

Já no dia 21 de setembro de 2022, o time da Raposa que venceu o Gigante da Colina e assegurou o acesso contou com: Rafael Cabral; Zé Ivaldo, Oliveira, Eduardo Brock, Kaiki (Marquinhos Cipriano); Machado, Neto Moura (Willian Oliveira), Bruno Rodrigues; Stênio (Wesley Gasolina), Edu (Luvannor), Lincoln (Daniel Junior). Paulo Pezzolano foi o treinador do acesso.

Números do Cruzeiro em 2022

facebooktwitterreddit