Corinthians

Qual era a escalação do Corinthians na última vitória por 3 gols de diferença?

Lucas Humberto
Escalação da última goleada do Timão antes desta quarta-feira (16) teve Mateus Vital, Jô e Ramiro como destaques
Escalação da última goleada do Timão antes desta quarta-feira (16) teve Mateus Vital, Jô e Ramiro como destaques / NELSON ALMEIDA/GettyImages
facebooktwitterreddit

A vitória nos moldes que a Fiel tanto esperava chegou. Nesta quarta-feira (16), o Corinthians aplicou 3 a 0 no São Bernardo, em duelo do Campeonato Paulista. Muito além do placar, Fernando Lázaro e comandados seguiram pressionando os adversários mesmo depois do terceiro tento anotado. Esse padrão de futebol ofensivo não era visto no Timão há exatos 45 jogos.

26 de maio de 2021. Até agora, essa era a data da última vitória do alvinegro do Parque São Jorge por três ou mais gols de diferença. Coincidência ou não, o interino Fernando Lázaro, que na ocasião era o analista de desempenho da equipe, também estava na área técnica do clube. À época, ele conduzia a transição do comando de Vagner Mancini para Sylvinho.

Corinthians River Plate Sul-Americana Mancini Sylvinho Fernando Lázaro
Timão goleou o River Plate, pela Sul-Americana / NELSON ALMEIDA/GettyImages

Na ocasião, o Corinthians venceu o River Plate (Paraguai) por 4 a 0, tentos de Ramiro (duas vezes), e Mateus Vital. A goleada, no entanto, acabou sendo inútil. Devido aos resultados anteriores, o Timão entrou em campo sem chance de classificação à próxima fase da Copa Sul-Americana. De qualquer forma, a impressão deixada não poderia ter sido melhor. Pena que Sylvinho pouco aproveitou...

Utilizando três zagueiros no esquema tático, Lázaro mandou a campo as seguintes peças: Cássio; Bruno Méndez, João Victor, Raul, Fábio Santos; Ramiro, Roni, Adson, Araos, Mateus Vital; Jô. Do XI inicial, quatro jogadores não fazem mais parte do elenco alvinegro: Méndez (Internacional), Ramiro (Al-Wasl, Emirados Árabes), Ángelo Araos (Necaxa, México) e Vital (Panathinaikos, Grécia).

A boa (e ofensiva) performance do interino torna a busca pelo novo treinador menos urgente. Contudo, segundo informações de jornalistas que acompanham de perto o clube, há expectativas de novidades ainda nesta semana.

A equipe do Parque São Jorge volta a campo no sábado (19) para enfrentar o Botafogo-SP, fora de casa, às 18h30 (de Brasília). O time de Ribeirão Preto está em 3º lugar no grupo C, o mesmo de Palmeiras, Ituano e do lanterna Mirassol. Nova goleada vindo aí?

facebooktwitterreddit