Opinião

Qual é o tamanho e o impacto da provável contratação de Soteldo pelo Santos?

Nathália Almeida
Soteldo deixou saudade no torcedor do Santos
Soteldo deixou saudade no torcedor do Santos / Pool/GettyImages
facebooktwitterreddit

Na tarde desta quarta-feira (10), o torcedor do Santos foi impactado por uma notícia de mercado que pode mudar tudo na Vila Belmiro: segundo múltiplas fontes da imprensa nacional, Yeferson Soteldo tem negociações avançadas para sacramentar seu retorno ao Peixe, via empréstimo, com validade até meados de 2023.

Como não poderia ser diferente, a notícia mobilizou os torcedores santistas e gerou imediata empolgação, afinal, trata-se de um jogador com identificação com o clube e comprovada qualidade técnica, tendo sido o grande destaque individual da equipe entre os anos de 2019 e 2021, período no qual somou 20 gols e 16 assistências com a pesada camisa 10 alvinegra.

FBL-LIBERTADORES-SANTOS-LARA
Soteldo foi um dos grandes nomes do Peixe nos últimos anos / GUILHERME DIONIZIO/GettyImages

Confirmada a contratação do meia-atacante venezuelano, devemos e podemos tratar esta como uma das movimentações de mercado mais impactantes da temporada 2022 no futebol brasileiro, com potencial para recuperar esportivamente e moralmente um clube machucado pelos problemas estruturais que o assolam.

Gigantesco em história e dono de uma sala de troféus praticamente imbatível em solo nacional, o Peixe perdeu credibilidade no mercado da bola por sua instabilidade administrativa e por suas conhecidas dificuldades financeiras. Diante deste cenário, conseguir repatriar Soteldo, um jogador de alto nível e prestígio na "lojinha da bola", é uma vitória e tanto para o clube da Vila Belmiro.

Além de elevar o ânimo das arquibancadas por se tratar de uma "vitória de mercado" - precisamos lembrar que Soteldo esteve na mira de Palmeiras e Flamengo no início da temporada -, sua chegada também representa uma vitória esportiva para o Peixe: habilidoso e inteligente, tem totais condições e recursos para ser protagonista dentro das quatro linhas. Muda o patamar do elenco de Lisca, que já deu bons sinais em seus primeiros compromissos sob o comando do novo treinador.

facebooktwitterreddit