Opinião

Qual centroavante o Bayern de Munique deveria buscar para substituir Robert Lewandowski?

Nathália Almeida
Lewandowski decidiu não renovar seu contrato com o Bayern
Lewandowski decidiu não renovar seu contrato com o Bayern / Stuart Franklin/GettyImages
facebooktwitterreddit

Contratado a custo zero junto ao Borussia Dortmund em 2014, Robert Lewandowski pode estar vivendo seus últimos momentos enquanto jogador do Bayern de Munique. Apesar de ter contrato com o clube bávaro até meados de 2023, o centroavante comunicou à diretoria e tornou pública a sua decisão de não renovar o vínculo, desejando uma mudança de ares já na próxima janela de transferências de verão.

Publicamente, dirigentes do Bayern de Munique sustentam o discurso de que Lewandowski é um jogador sob contrato, e que o clube não tem obrigação de negociá-lo neste verão. Contudo, o risco de manter um atleta insatisfeito no elenco é grande e a alta cúpula bávara sabe disso. Além disso, o próximo mercado é a última oportunidade do clube de capitalizar cifras com o camisa 9: ficando no Bayern, sairá gratuitamente ao final da próxima temporada (2022/23), como um agente livre.

Robert Lewandowski
Lewandowski não quer renovar com o Bayern / Alexander Hassenstein/GettyImages

Ainda que substituir Robert Lewandowski seja uma missão dolorosa e que o torcedor do Bayern gostaria de não ver acontecendo, o clube precisa pensar pragmaticamente: será nocivo para todos os envolvidos se o caminho escolhido for manter o centroavante a contragosto na Baviera. Levantar boas cifras com sua venda e aplicá-las em uma reposição de alto nível é o caminho ideal, permitindo com que atleta e clube sigam suas respectivas "vidas", após longos anos de parceria de sucesso e benefício mútuo com a relação entre as partes.

Se não tivesse acertado sua ida ao Manchester City, Erling Haaland seria o nome ideal para assumir a camisa 9 do Bayern: além de ser jovem e extremamente talentoso, conhece e já está adaptado à Bundesliga. Sem o norueguês como alternativa, uma possibilidade bastante atraente para o Gigante da Baviera deveria ser Darwin Núñez: além dos atributos físicos, o uruguaio de 22 anos já se provou um jogador de refinamento técnico e muita inteligência. Faz uma temporada fantástica pelo Benfica - 34 gols e quatro assistências em 41 jogos -, clube com o qual tem contrato até meados de 2025.

Darwin Nunez
Darwin é um dos jovens centroavantes mais empolgantes do futebol europeu hoje / David Ramos/GettyImages

Contratar Darwin Núñez não seria uma operação barata. Contudo, o clube não deve poupar esforços em um movimento de mercado tão importante quanto a reposição para seu homem-gol: é preciso ser certeiro. E, em muitos casos, a negociação certeira é custosa. Não é sempre que um Lewandowski chegará ao clube a custo zero...

facebooktwitterreddit