Futebol brasileiro

Qual a melhor dupla de ataque do futebol brasileiro em 2022? Confira os números

Antonio Mota
Melhor dupla do Brasil? Cano e Arias vivem excelente fase no Fluminense
Melhor dupla do Brasil? Cano e Arias vivem excelente fase no Fluminense / Wagner Meier/GettyImages
facebooktwitterreddit

Principal goleador do Brasil na temporada, o centroavante Germán Cano conta com um excelente parceiro de ataque no Fluminense. Trata-se do extremo Jhon Arias. A dupla atravessa momento ímpar e tem feito a diferença para o Tricolor das Laranjeiras até aqui. É a melhor dupla de ataque do país na atualidade?

A seguir, veja os números de 6 das melhores duplas de ataque do Brasil na temporada.

1. Germán Cano e Jhon Arias – Fluminense

Jhon Arias e Cano, atacantes do Fluminense
Tricolor das Laranjeiras surpreendeu no primeiro turno do Campeonato Brasileiro / Wagner Meier/GettyImages

Referências no arrasador Fluminense de Fernando Diniz, Germán Cano e Jhon Arias atravessam momento ímpar na temporada. Até aqui, juntos, já participaram diretamente de 54 gols (em 86 jogos) do Flu no ano. O centroavante marcou 29 tentos e deu quatro assistências, enquanto o ponta colocou 11 bolas no fundo das redes e deu 10 passes que acabaram em gol. Melhor dupla de ataque do país na atualidade?

2. Pedro e Gabigol – Flamengo

Gabigol e Pedro, atacantes do Flamengo
Chegada de Dorival Jr fez dupla Gabigol e Pedro ganhar sequência / Buda Mendes/GettyImages

Pedro e Gabigol passaram a atuar juntos com maior frequência nas últimas semanas, desde a chegada do técnico Dorival Júnior. Os atacantes do Flamengo têm correspondido bem e se destacado pela equipe. Até o momento, somando os números gerais da dupla, os goleadores já marcaram, juntos, 39 gols e deram oito assistências em 83 partidas.

Gabi foi o responsável por 22 desses gols, enquanto Pedro anotou os outros 17. O camisa 9 ainda deu três assistências – duas a menos que o “novo parceiro” de ataque.

3. Luciano e Jonathan Calleri – São Paulo

Luciano e Calleri, atacantes do São Paulo
Luciano e Calleri atuam juntos desde 2021 / JAVIER TORRES/GettyImages

Apesar dos altos e baixos dos últimos meses, Luciano e Calleri são outros dois atacantes que deixam os adversários preocupados. Neste ano, os matadores do São Paulo já entraram em campo, juntos ou não, em um total de 74 partidas – 34x o brasileiro e 40x o argentino. A dupla marcou 32 gols e contribuiu com seis assistências.

O hermano foi mais vezes às redes: 19 contra 13. Cada um deu três assistências.

4. Hulk e Ademir – Atlético-MG

Hulk, atacante do Atlético-MG
Hulk é artilheiro do Galo em 2022 / Pedro Vilela/GettyImages

O Atlético-MG não apresentou o futebol esperado nos últimos meses, mas Hulk e Ademir não fizeram feio. Ao contrário. Nesta temporada, o imparável camisa 7 disputou 34 jogos e teve 28 participações diretas em gols: 23 tentos e cinco assistências. Enquanto isso, o velocista marcou sete gols e deu uma assistência em 42 compromissos.

Juntos, os atacantes do Galo disputaram 76 jogos, com 30 gols e seis assistências.

5. Pedro Raul e Nicolas – Goiás

Pedro Raul, atacante do Goiás
Contratado nesta temporada, Pedro Raul tem feito a diferença no Esmeraldino / Wagner Meier/GettyImages

Os atacantes Pedro Raul e Nicolas também têm ótimos com a camisa do Goiás. Até o momento, a dupla esmeraldina soma 43 contribuições em gols (40 tentos e três assistência) em apenas 66 jogos.

Pedro Raul marcou 17 gols e deu uma assistência em 33 partidas, enquanto Nicolas anotou 13 tentos e distribuiu duas assistências em 30 jogos. Números muito bons.

6. Alef Manga e Igor Paixão – Coritiba

Igor Paixão, atacante do Coritiba
Coritiba faz campanha irregular no Brasileirão 2022 / Ricardo Moreira/GettyImages

Além de Léo Gamalho, que tem 15 gols e uma assistência na temporada, o Coritiba ainda conta com outros dois atacantes que também têm bons números no ano: Alef Manga e o jovem Igor Paixão. Esses dois jogadores marcaram 21 tentos e deram 13 assistências – ou seja, 34 participações em gols – em 76 partidas até o momento.

facebooktwitterreddit