Copa Libertadores

Quais times brasileiros dependem de vitória nesta semana para se manter vivos na Libertadores?

Wéverton Rodrigues
América-MG é o brasileiro que tem a situação mais delicada na Libertadores
América-MG é o brasileiro que tem a situação mais delicada na Libertadores / Buda Mendes/GettyImages
facebooktwitterreddit

A fase de grupos da Libertadores chega a mais um momento decisivo na segunda metade de maio. Nesta semana, alguns times brasileiros entram em campo visando decidir seu futuro na principal competição continental. Corinthians, Palmeiras, Flamengo, Atlético-MG e Red Bull Bragantino são os times que se encontram em situação mais tranquila em seus respectivos grupos.

Por outro lado, algumas esquadras brasileiras entrarão em campo para encarar uma espécie de 'cenário de guerra' em busca da superação e da sobrevivência dentro do milionário torneio, tendo em vista a trajetória desastrosa que estão tendo até aqui. Veja, portanto, quais são os times brasileiros que dependem necessariamente da vitória nos confrontos desta semana para continuar sonhando com a classificação para a próxima fase da Copa Libertadores de 2022.

Athletico-PR

Com apenas quatro pontos conquistados em quatro jogos, o Athetico-PR está passando por momento muito delicado e de bastante apreensão no Grupo B da Libertadores da América. Isso porque o time vem de duas derrotas seguidas (1 a 0 para o Libertad e 5 a 0 para o The Strongest) e se encontra na lanterna do grupo. 

Uma nova derrota nesta quarta-feira (18) diante do Libertad, na Arena da Baixada, em jogo válido pela quinta rodada, juntamente com uma vitória do The Strongest diante do Caracas FC nesta terça (17), significaria a eliminação do Furacão com uma rodada de antecedência, tendo em vista que, mesmo com a vitória sobre o time venezuelano na última rodada, o time do técnico Felipão só poderia chegar a sete pontos, um a menos, portanto, do que teria o adversário boliviano. 

América-MG

Em situação mais delicada ainda se encontra o América-MG de Vagner Mancini, lanterna do Grupo D com apenas um ponto em quatro partidas disputadas. Sendo assim, se não ganhar do Tolima nesta quarta (18) no Estádio Manuel Murillo Toro, na cidade de Ibagué, na Colômbia, o time mineiro dará adeus à competição mesmo ainda faltando uma rodada para o fim.

Nesse sentido, somente a vitória interessa ao Coelho no jogo válido pela quinta rodada da Libertadores, pois, assim, o time iria para a rodada final precisando de mais uma vitória e tendo que torcer também por vitória do rival Atlético-MG sobre o time colombiano, impedindo que este se classifique para a próxima fase do torneio. 

Fortaleza

Por fim, outro brasileiro dentre os times que dependem de vitória nesta semana para se manter vivos na Libertadores é o Fortaleza, terceiro colocado do Grupo F com apenas quatro pontos conquistados em quatro jogos disputados até aqui, estando atrás de River Plate, com dez, e de Colo Colo, com sete, correndo, como consequência, o risco de cair fora da competição antes mesmo do fim da primeira fase.

Em caso de derrota do Leão do Pici para o Alianza Lima nesta quarta (18) no Estádio Alejandro Villanueva e de vitória do Colo Colo sobre o River - ou até mesmo com o empate na quinta (19) no Monumental de Nunez - o time nordestino dará adeus precocemente à competição e, assim, já não terá condições de se classificar na rodada final da fase de grupos do torneio continental.

facebooktwitterreddit