Futebol brasileiro

Quais são os trunfos de Santos e Internacional na tentativa de contratar Ricardo Goulart

Fabio Utz
Meio-campista está livre no mercado
Meio-campista está livre no mercado / Power Sport Images/GettyImages
facebooktwitterreddit

O meia Ricardo Goulart, livre no mercado, se transformou em um dos jogadores mais disputados por clubes da Série A do Campeonato Brasileiro para 2022. Depois de uma tentativa frustrada, o Fluminense ficou para trás nesta briga, que agora conta com Santos e Internacional. O clube paulista tem prioridade, mas o Colorado segue na espreita.

O Peixe oferece um projeto que envolve, também, a sua área de marketing. Nesta quinta-feira, por exemplo, um encontro envolvendo Andres Rueda, presidente, Edu Dracena, executivo de futebol, e Paulo Pitombeira, empresário do profissional, serviu para aproximar um pouco mais as partes. Na Vila Belmiro, Goulart receberia parte dos seus vencimentos em Fan Token, e o valor superaria os maiores salários do clube, como Carlos Sánchez e Marinho.

Ricardo Goulart Meia Janela Mercado
Palmeiras foi o último clube de Goulart no Brasil / Alexandre Schneider/GettyImages

o rival vermelho fez uma proposta mais convencional: R$ 600 mil a cada 30 dias e, claro, a possibilidade de ser um dos expoentes de um elenco que tenta novamente se afirmar dentro do cenário nacional e que visa a briga por títulos de expressão. No Beira-Rio, ele retomaria um espaço que já foi seu no início da década passada.

A ideia de Pitombeira é não fazer leilão. Portanto, primeiro vai esgotar as tratativas com o Santos para depois, se for o caso, se voltar para o Inter.

Para mais notícias do Internacional, clique aqui.

Para mais notícias do Santos, clique aqui.

facebooktwitterreddit